Mercado fechará em 1 h 52 min
  • BOVESPA

    109.721,72
    -418,92 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.089,23
    +214,32 (+0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,66
    -1,22 (-1,61%)
     
  • OURO

    1.881,50
    -49,30 (-2,55%)
     
  • BTC-USD

    23.553,88
    -272,04 (-1,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    538,70
    +1,84 (+0,34%)
     
  • S&P500

    4.165,64
    -14,12 (-0,34%)
     
  • DOW JONES

    34.081,08
    +27,14 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.799,25
    -47,50 (-0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5598
    +0,0701 (+1,28%)
     

Café pode aumentar risco de morte por doenças cardiovasculares em hipertensos

Anteriormente, um estudo afirmou que beber de 2 a 3 xícaras de café por dia pode beneficiar o coração. No entanto, um artigo publicado no periódico Journal of the American Heart Association chegou a uma conclusão bem diferente: beber essa exata quantidade de café pode levar ao dobro do risco de morte por doença cardiovascular, como acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco, entre pessoas com hipertensão grave.

Para chegar a essa descoberta, o grupo estudou mais de 18,6 mil pessoas. Conforme os pesquisadores descrevem, a hipertensão acontece quando a força do sangue contra as paredes dos vasos sanguíneos é consistentemente muito alta, fazendo com que o coração trabalhe mais para bombear o sangue.

O estudo também descobriu que uma xícara de café não aumenta o risco de morte relacionado a doenças cardiovasculares nos pacientes com hipertensão grave, nem em qualquer nível de pressão arterial. Além disso, esse aumento de risco parece não estar presente em chás que tenham cafeína.

Café pode aumentar risco de doenças cardiovasculares em hipertensos (Imagem: Rene Lehmkuhl/Unsplash)
Café pode aumentar risco de doenças cardiovasculares em hipertensos (Imagem: Rene Lehmkuhl/Unsplash)

“Essas descobertas podem apoiar a afirmação de que pessoas com hipertensão grave devem evitar beber café em excesso. Como as pessoas com hipertensão grave são mais suscetíveis aos efeitos da cafeína, os efeitos nocivos da cafeína podem superar seus efeitos protetores e aumentar o risco de morte”, apontam os autores do estudo.

Segundo os próprios autores, mais estudos são necessários para saber mais sobre os efeitos do consumo de café e chá verde em pessoas com pressão alta e para confirmar os efeitos do consumo de cafeína nesse público com hipertensão grave.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: