Mercado fechará em 5 h 47 min
  • BOVESPA

    124.739,65
    -935,68 (-0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.402,83
    -231,77 (-0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,84
    +0,22 (+0,30%)
     
  • OURO

    1.827,60
    -8,20 (-0,45%)
     
  • BTC-USD

    39.094,91
    -833,15 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    927,94
    -21,96 (-2,31%)
     
  • S&P500

    4.410,81
    -8,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    35.101,18
    +16,65 (+0,05%)
     
  • FTSE

    7.054,10
    -24,32 (-0,34%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.972,25
    -65,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0421
    +0,0016 (+0,03%)
     

Cade diz que nova política de preços da Ipiranga é lícita

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu nesta quarta-feira que a nova política da rede de postos Ipiranga, da Ultrapar, para negociação de preços com revendedores de combustíveis que integram a sua rede é lícita.

O Cade afirmou que a empresa havia procurado a autarquia sobre a licitude do mecanismo de precificação, que envolve uso de algoritmos, para negociação com revendedores da sua bandeira. A estratégia usa sugestão de preço máximo de combustíveis líquidos no varejo.

"De acordo com a relatora da consulta, conselheira Paula Azevedo, a proposta de política apresentada pela Ipiranga não desperta preocupações concorrenciais porque reúne elementos que afastam a possibilidade de gerar efeitos anticompetitivos no mercado", afirmou o Cade em comunicado à imprensa.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos