Mercado fechará em 1 h 22 min
  • BOVESPA

    123.803,62
    +2.002,83 (+1,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,24
    +168,92 (+0,33%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,18
    -2,77 (-3,75%)
     
  • OURO

    1.818,10
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    39.729,11
    -1.483,48 (-3,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    972,29
    +11,39 (+1,19%)
     
  • S&P500

    4.399,96
    +4,70 (+0,11%)
     
  • DOW JONES

    34.956,57
    +21,10 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.986,50
    +30,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1174
    -0,0706 (-1,14%)
     

Cade aprova sem restrições venda da Copel Telecom à Bordeaux

·1 minuto de leitura
Oferta de ações da Copel detidas pelo BNDES terá BTG Pactual como coordenador líder

SÃO PAULO (Reuters) - A superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição da Copel Telecomunicações pela Bordeaux Participações, informou a elétrica paranaense Copel nesta sexta-feira.

A decisão do órgão antitruste transitará em julgado 15 dias após a publicação no Diário Oficial da União, ocorrida também nesta sexta.

Os ativos de telecomunicações da Copel foram vendidos à Bordeaux por 2,395 bilhões de reais, em leilão realizado na B3 em novembro do ano passado. O valor será atualizado pela taxa básica de juros Selic até a liquidação da operação.

"Além do trânsito em julgado da decisão do Cade, a efetivação da operação também está condicionada à verificação de outras condições precedentes, nos termos estabelecidos no contrato", acrescentou a Copel em comunicado ao mercado.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos