Mercado abrirá em 2 h 31 min
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,61 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,44 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,15
    +0,12 (+0,30%)
     
  • OURO

    1.920,20
    -9,30 (-0,48%)
     
  • BTC-USD

    12.857,90
    +1.800,89 (+16,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,03
    +13,14 (+5,37%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,97 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.754,23
    -22,27 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -165,19 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.653,75
    -37,50 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6413
    -0,0087 (-0,13%)
     

Cade aprova joint venture entre Moageira e trading agrícola Gavilon

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a formação de uma joint venture entre a Gavilon do Brasil e a Moageira e Agrícola, que atuará na armazenagem e comercialização de trigo, segundo publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira. A joint venture terá participação de 50 por cento da unidade brasileira da trading de produtos agrícolas Gavilon, com sede nos Estados Unidos, e da Moageira, com atuação no Paraná, que pertence à família Vosnika. Marcelo Vosnika, um dos sócios na Moageira, é atualmente presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo). Segundo documento do Cade, a operação envolverá a aquisição de dois armazéns, um situado na cidade de Ipiranga (PR) e outro em Irati (PR). A Moageira, que atua no mercado de moagem de trigo e gradativamente passou também a adquirir o trigo de produtores, passou a ter excedente de volume em relação à capacidade de processamento, de acordo com relatório do Cade. (Por Roberto Samora)