Mercado abrirá em 6 h 36 min
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,69
    -1,05 (-1,33%)
     
  • OURO

    1.644,90
    -10,70 (-0,65%)
     
  • BTC-USD

    18.742,79
    -283,37 (-1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    429,45
    -15,09 (-3,39%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.837,17
    -96,10 (-0,54%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.261,75
    -115,00 (-1,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0819
    -0,0157 (-0,31%)
     

Cadastro de bons motoristas já começou; veja como aderir

Com o cadastro, o governo poderá premiar os motoristas que tiveram uma conduta tranquila no trânsito, como uma forma de incentivar um bom comportamento (Getty Creative)
Com o cadastro, o governo poderá premiar os motoristas que tiveram uma conduta tranquila no trânsito, como uma forma de incentivar um bom comportamento (Getty Creative)
  • Registro Nacional Positivo de Condutores visa premiar os motoristas que tiveram uma conduta tranquila no trânsito no último ano;

  • Criação do RNPC já era prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas só em maio teve as regras definidas;

  • Prêmios incluem descontos em pedágios e condições diferenciadas para locação de veículos e contratação de seguros.

Motoristas que nos últimos 12 meses não cometeram nenhuma infração de trânsito já podem aderir ao Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), também conhecido como Cadastro Positivo de Condutores.

Em maio, o Conselho Nacional de Trânsito publicou no Diário Oficial da União uma deliberação que prevê benefícios a condutores cadastrados no RNPC. Com o cadastro, o governo poderá premiar os motoristas que tiveram uma conduta tranquila no trânsito, como uma forma de incentivar um bom comportamento.

A criação do RNPC já era prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas só em maio teve as regras definidas pelo órgão regulador. Uma delas é a permissão para que empresas privadas e órgãos públicos ofereçam benefícios e vantagens aos bons motoristas, tais como descontos em pedágios e condições diferenciadas para locação de veículos e contratação de seguros.

Como aderir?

A Deliberação prevê que, para ser cadastrado no RNPC, o cidadão deverá conceder autorização prévia por meio de aplicativo ou outro meio eletrônico “regulamentado pelo órgão máximo executivo de trânsito da União", o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). As vantagens podem ser concedidas a partir de 13 de outubro.

O motorista interessado pode registrar sua participação por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) ou no Portal de Serviços da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

No caso de empresas, é preciso sinalizar o interesse à Senatran e disponibilizar detalhes sobre os benefícios oferecidos por meio de um formulário online.