Mercado fechado

CadÚnico: Prazo para atualizar cadastro termina hoje

Convocados devem comparecer a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a um posto de atendimento do CadÚnico no município (Getty Images)
Convocados devem comparecer a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a um posto de atendimento do CadÚnico no município

(Getty Images)

  • Famílias em averiguação cadastral têm até hoje (12) para atualizar dados do CadÚnico;

  • Processo é necessário para quem tem informações divergentes ou inconsistentes;

  • Atualização impede que benefícios sejam suspensos e cancelados.

Famílias inscritas no CadÚnico que estão em situação de averiguação cadastral têm até esta sexta-feira (12) para atualizar os dados. O processo deve ser realizado pelo responsável pelo núcleo familiar e é essencial para que os benefícios continuem sendo recebidos.

A averiguação cadastral é feita quando o governo encontra informações divergentes ou inconsistentes no cadastro a partir do cruzamento de informações com outros bancos de dados federais. O beneficiário deve, então, comprovar que continua cumprindo os critérios exigidos pelos programas de auxílio.

O prazo inicial para completar a atualização dos dados era 10 de junho, mas foi estendido devido aos registros de longas filas nos postos de atendimento das prefeituras de diversas cidades. Centenas de pessoas têm passado a madrugada na rua para garantir o atendimento, já que a distribuição de senhas é limitada.

Quem for convocado para a averiguação deve comparecer a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a um posto de atendimento do CadÚnico no município. Vale destacar que as famílias inscritas devem atualizar os dados a cada dois anos ou sempre que houver alguma mudança de renda, situação de trabalho, endereço ou composição familiar.

A não revisão dos dados pode levar à suspensão e, posteriormente, cancelamento de benefícios como Auxílio Brasil, Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas), Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e ID Jovem. Se os registros não forem regularizados, as famílias podem ser excluídas do Cadastro Único a partir de julho de 2023.

Também precisam atualizar o cadastro até hoje as famílias que foram convocadas pelo processo de focalização do Auxílio Brasil.

Convocações e prazos

  • Famílias com divergências

Corresponde a famílias cuja renda calculada a partir de dados do Governo Federal esteja acima de meio salário mínimo (R$ 606,01) por pessoa e que tenha ao menos uma pessoa com renda divergente em relação a esses registros em pelo menos um mês de análise.

Prazo: 12/agosto/2022

  • Famílias com cadastro atualizado

Corresponde a famílias cuja renda calculada a partir de dados do Governo Federal esteja acima da linha de pobreza e abaixo de meio salário mínimo - ou seja, entre R$ 210,01 e R$ 606,00 por pessoa – e que apresente ao menos uma pessoa com renda divergente em relação aos registros durante seis meses consecutivos de análise.

Prazo: 12/agosto/2022

  • Famílias com cadastro desatualizado desde 2016 ou 2017

Para evitar o bloqueio do Auxílio Brasil:

Prazo: outubro/2022

Para evitar o cancelamento do Auxílio Brasil e da Tarifa Social de Energia Elétrica:

Prazo: dezembro/2022