Mercado abrirá em 7 hs

Cachorra se comunica com dona usando um teclado de 29 palavras

Wagner Wakka

“E se meu cachorro falasse?”. Este é o desejo de muita gente e que uma pesquisadora da área de comunicação está quase conseguindo alcançar. Christina Hunger usou uma técnica de alfabetização em crianças para treinar sua cachorrinha chamada Stella — e o animal de 18 meses já consegue se expressar.

Claro que a cachorra não forma, exatamente, uma frase. Mas ela informa para sua dona alguns sentimentos e vontades. Em uma tábua de madeira com alguns botões, ela treinou Stella para apertar alguns deles quando tiver alguma necessidade.

Em um dos vídeos publicados no Instagram, ela mostra uma ação da cachorra e que aperta os botões “feliz”, “quer”, “bola” e “lá fora”. Bom, não precisa mais que isso para entender a vontade do animal.


Em outra produção, Stella percebe que há algo fora da casa e começa a latir. Quando perguntada pela dona, a cachorra aperta os botões “lá fora” e “ver”.


Segundo a pesquisadora, até o momento, o animal consegue montar expressões com 29 palavras no sistema de cores e posicionamentos criado por ela, em sua própria casa. Ela conta com a ajuda do Amazon Links, software usado nas repostas que a cachorra "dá" para se comunicar.

Em entrevista para o site People, Christina informa que o animal consegue formar pensamentos, como dizer que quer que Jake (marido de Christina) volte. Ele aperta os botões “quer”, “Jake” e “chegar” em sequência. Quando o rapaz volta para casa, ela ainda aperta “feliz”.

O sistema é o mesmo que ela usa para ensinar crianças de dois anos a aprenderem as primeiras palavras. Com a Stella, ela vem trabalhando a comunicação desde os 8 meses de vida.

Atualmente, ela vem mostrando os avanços da cachorra em um blog chamado Hunger for Words.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: