Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.459,93
    +2.393,90 (+6,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Código-fonte original da Web é vendido em NFT por quase R$ 27 milhões

·2 minuto de leitura

O código original da Web foi vendido como um token não fungível (NFT) nesta quarta-feira (30). O cientista e físico britânico Tim Berners-Lee, também conhecido como “Pai da Web”, leiloou o documento por US$ 5,4 milhões — cerca de R$ 27 milhões.

O vencedor do leilão terá direito a:

  • Arquivos com carimbo de data/hora originais contendo o código-fonte escrito por Berners-Lee;

  • Uma visualização animada do código;

  • Uma carta escrita pelo "Pai da Web" refletindo sobre o código e o processo de criá-lo;

  • Um pôster digital do código completo criado a partir dos arquivos originais usando Python, incluindo um gráfico da assinatura física.

O leilão começou no dia 23 de junho e a proposta inicial foi de apenas US$ 1 mil, o preço foi alavancando a cada lance, até que culminar na cifra milionária final. O valor é ainda maior que o que arrematou o primeiro tuíte da história, publicado pelo próprio CEO da rede social, Jack Dorsey, e vendido por US$ 2,9 milhões.

Estrutura da internet atual não sofrerá interferências após a venda da versão original (Imagem: Kon Karampelas/Unsplash)
Estrutura da internet atual não sofrerá interferências após a venda da versão original (Imagem: Kon Karampelas/Unsplash)

Mas fique tranquilo, a internet não vai parar de funcionar ou terá um novo dono a partir de agora. Nada muda para o mundo, uma vez que a ideia inicial de Berners-Lee não encorpa mais a rede mundial de computadores atual.

O cientista eliminou qualquer preocupação quanto a isso quando contou ao The Guardian que “o código principal e os protocolos que regem a internet são livres de royalties, como sempre foram”. Sendo assim, não há nenhum risco do mundo amanhecer sem controle sobre o que corre na Web.

NFT?

Tokens não fungíveis, ou NFTs, são um tipo de selo de autenticidade virtual que garante a legitimidade de produtos digitais, garantindo que ele é único. O comprador não necessariamente passa a deter os direitos autorais da obra, mas passa a ser dono do "produto".

Segundo ele, a peça vendida nem é o código-fonte integral do seu primeiro projeto, criado em 1989. Na verdade, o material é composto por uma foto do código-fonte, como se ele fosse um item de decoração.

Com o valor arrecadado, Berners-Lee irá investir nas iniciativas criadas por ele e sua esposa, Rosemary Leith. O casal faz parte do World Wide Web Consortium, fundado pela dupla em 2009 para promoção de uma rede aberta como um bem público e um direito fundamental.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos