Mercado abrirá em 3 h 5 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,98
    +0,87 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.780,90
    +4,20 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    23.500,87
    -351,45 (-1,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,57
    -14,24 (-2,49%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.514,31
    -1,44 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.507,25
    +14,00 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2473
    -0,0119 (-0,23%)
     

Cérebro interpreta insulto da mesma forma que um tapa na cara, segundo estudo

Segundo um artigo publicado na revista Frontiers in Communication, o cérebro interpreta um insulto da mesma forma que um tapa na cara. Para chegar a essa descoberta, pesquisadores usaram eletroencefalografia (EEG) e compararam o impacto.

Os autores do estudo destacam que a maneira exata pela qual o insulto podem entregar sua carga ofensiva e emocionalmente negativa ao cérebro no momento em que essas palavras estão sendo lidas ou ouvidas ainda não é bem compreendida, mas a ideia é que desvendar o impacto de um insulto pode ser importante para ​​se observar os detalhes do comportamento social.

Na prática, os cientistas tentaram examinar se o processamento de insultos verbais é menos sensível à repetição do que elogios e quais estágios cognitivos estariam envolvidos nessa adaptação. Com isso, 79 participantes foram orientadas a ler uma série de declarações repetidas que iam de elogios a insultos.

Os experimentos mostraram que, mesmo sem nenhuma interação humana real e com declarações vindas de pessoas fictícias, insultos verbais ainda podem atingir a pessoa, e continuam a fazer isso mesmo após repetições.

Insultos são como tapas na cara

Cérebro interpreta insultos como pequenos tapas na cara (Imagem: Anna Shvets/Envato)
Cérebro interpreta insultos como pequenos tapas na cara (Imagem: Anna Shvets/Envato)

O artigo descreve que os insultos são percebidos como pequenos tapas na cara, mas o estudo mostra apenas os efeitos dos insultos em um ambiente artificial.

Mesmo assim, os resultados mostram uma maior sensibilidade do nosso cérebro a palavras negativas em comparação com palavras positivas: a descoberta foi que um insulto imediatamente captura a atenção do nosso cérebro, pois o significado emocional é recuperado da memória de longo prazo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos