Mercado abrirá em 2 h 3 min
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,27
    +0,12 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.813,70
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    37.974,38
    -90,53 (-0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    940,25
    +13,49 (+1,46%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.111,86
    -12,00 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.107,50
    +34,00 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1211
    +0,0028 (+0,05%)
     

Câncer de pele entre homens aumentou 50% nos últimos 10 anos

·3 minuto de leitura
Câncer de pele entre homens aumentou 50% nos últimos 10 anos
Câncer de pele entre homens aumentou 50% nos últimos 10 anos

Um estudo feito pela Universidade de Oxford, dos EUA, e financiado pela Cancer Research UK, do Reino Unido, mostrou um aumento de 50% no diagnóstico de câncer de pele entre os homens do país europeu. Embora a taxa também tenha se elevado para as mulheres (30%), a doença é mais comum nos homens e, a taxa de mortalidade entre eles também cresceu (8%).

Segundo o Medical Xpress, o estudo explica o também aumento da taxa de mortalidade devido a probabilidade de os homens serem diagnosticados sempre em um estágio já avançado da doença. Além disso, o local onde o câncer geralmente é detectado entre eles é o torço, mais precisamente na região das costas – explicado pelo não uso da camisa e exposição ao sol – o que pode dificultar a percepção de alterações e um diagnóstico precoce.

“Esses números são preocupantes – uma queimadura solar apenas uma vez a cada 2 anos pode triplicar o risco de câncer de pele, por isso é importante que todos saibam como se proteger. Buscar sombra, cobrir-se e aplicar protetor solar pode ajudá-lo a se proteger do sol”, disse Michelle Mitchell, presidente-executiva da Cancer Research UK.

Câncer de pele entre homens aumentou 50% nos últimos 10 anos. Imagem: YanLev/iStock
Câncer de pele entre homens aumentou 50% nos últimos 10 anos. Imagem: YanLev/iStock

Os números surgiram após a pesquisa tentar entender a ligação entre o risco mais alto de homens desenvolver o câncer de pele e os níveis elevados de testosterona, bem como também a pré-disposição ao câncer de próstata também relacionada ao hormônio.

“Já sabíamos que homens com diagnóstico de melanoma têm maior risco de desenvolver câncer de próstata e vice-versa, o que foi uma pista de que pode haver uma causa biológica ou comportamental comum. E parece que esta ligação pode ser o hormônio testosterona”, disse a Dra. Eleanor Watts, principal autora do estudo.

“O próximo passo será ver se essa ligação é vista em outros estudos e, se for, olhar mais de perto por que a testosterona pode estar relacionada ao risco de desenvolvimento de melanoma em homens”, disse a pesquisadora.

Em um outro estudo, o câncer de próstata também foi associado à obesidade abdominal, podendo causar, inclusive, um tipo mais agressivo da doença.

Leia mais!

Para a autora e Michelle Mitchell, presidente-executiva do Cancer Research UK, se a ligação for comprovada e entendida, os dados poderão ser usados para identificar homens que correm um risco particularmente alto de desenvolver câncer e, de imediato, aderir as intervenções necessárias.

De acordo com o estudo, quase 9 em cada 10 (86%) dos casos de câncer de pele no Reino Unido são causados ​​pela exposição ao sol ou pelo uso de espreguiçadeiras, o que sugere que quase 9 em cada 10 casos de câncer de pele com melanoma são evitáveis. A pesquisa explica que um corpo bronzeado não é sinal de boa saúde e que, na verdade, “um bronzeado é o corpo simplesmente tentando se proteger dos raios nocivos.”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos