Mercado abrirá em 9 h 16 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,16
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.775,50
    -7,90 (-0,44%)
     
  • BTC-USD

    32.699,85
    -1.102,27 (-3,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    788,35
    -21,84 (-2,70%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.792,17
    -24,90 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.920,12
    +45,23 (+0,16%)
     
  • NASDAQ

    14.297,50
    +34,50 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9259
    -0,0026 (-0,04%)
     

Câmeras de Tesla ajudam a polícia a prender suspeito de causar tiroteios nos EUA

·2 minuto de leitura
Câmeras de Tesla ajudam a polícia a prender suspeito de causar tiroteios nos EUA
Câmeras de Tesla ajudam a polícia a prender suspeito de causar tiroteios nos EUA

O sistema integrado embutido nos paineis de controle dos carros da Tesla, batizado de TeslaCam, ajudou a polícia a fazer uma prisão em um caso estranho que vem aterrorizando as estradas do sul da Califórnia há certo tempo.

Nas últimas semanas, os departamentos de polícia nos condados de Riverside, Orange e Los Angeles receberam mais de 100 relatos de veículos sendo baleados, em plena em rodovia, por pistolas com silenciador acoplado ou granadas. Os ataques ocorriam de forma aleatória e geralmente envolviam tiros nas janelas de carros em movimento, o que obviamente pode ser extremamente perigoso.

A investigação estava em andamento, mas o suspeito facilitou o trabalho da polícia ao tentar, na semana passada, roubar um Tesla.

Câmeras de Tesla ajudam a polícia a prender Jesse Leal Rodriguez, suspeito em tiroteio nos EUA. Imagem: Reprodução/ABC Channel
Câmeras de Tesla ajudam a polícia a prender Jesse Leal Rodriguez, suspeito em tiroteio nos EUA. Imagem: Reprodução/ABC Channel

De acordo com o canal de TV ABC7, um homem identificado como Jesse Leal Rodriguez, de 34 anos, foi preso depois que seu veículo foi filmado no local do tiroteio por um Tesla ligado no “modo sentinela” – no qual o carro elétrico entra em estado de espera, com câmeras externas monitorando os movimentos.

“Rodriguez foi levado sob custódia depois que o motorista de um Tesla relatou que sua janela foi baleada perto do cruzamento da Avenida Hamner com a Hidden Valley Parkway, em Norco. Por causa da natureza de alta tecnologia do Tesla, as autoridades dizem que uma câmera a bordo capturou em vídeo o veículo do suspeito – um SUV vermelho”, afirmou a polícia do condado de Riverside, que está responsável pelo caso.

Leia mais:

Todos os modelos da Tesla vêm, direto de fábrica, com oito câmeras ao redor dos carros como parte dos pacotes Autopilot e Full Self-Driving, recursos de direção autônoma para dar assistência ao motorista. Além desse sistema de dashcam integrada, chamado pela montadora de TeslaCam, há o famoso “Modo Sentinela” – que, ao longo dos últimos, ajudou a polícia a fazer várias prisões, especialmente em casos de furtos e vandalismo.

Rodriguez foi acusado de tentativa de homicídio e agressão a três pessoas durante o ataque ao veículo Tesla. A extensão dos ferimentos dos ocupantes é desconhecida, mas ao ABC7, a polícia – que não revelou a identidade das vítimas ou o modelo específico do carro – afirmou que um dos envolvidos está em “estado crítico” após sofrer grandes lesões corporais.

A polícia não sabe se Rodriguez foi o responsável por todos os recentes tiroteios de carros registrados na região durante as últimas semanas, mas explica que os ataques pararam desde que ele foi preso na última terça-feira (25). Se for condenado pelas acusações que enfrenta, o homem pode pegar pena de 57 anos à prisão perpétua.

Fontes: Electrek e ABC7

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos