Câmbio à vista abre com dólar em alta

Com a BM&FBovespa fechada nesta véspera do Natal, o mercado interbancário de câmbio opera na manhã desta segunda-feira apenas no segmento à vista de balcão. A expectativa é de uma sessão com liquidez fraca, uma vez que os negócios se encerram mais cedo, por volta das 11h30, e muitos players estão ausentes, principalmente os importadores e exportadores.

No exterior, os mercados também tinham poucos negócios, com investidores cautelosos porque as negociações para evitar o chamado abismo fiscal nos Estados Unidos fracassaram na semana passada. Nesse contexto, o dólar à vista abriu em alta, a R$ 2,0860 (+0,63%).

O Banco Central não deve intervir nesta manhã. A autoridade monetária já antecipou que fará um novo leilão de linha na quarta-feira (26).

Na sexta-feira, o BC realizou dois leilões de linha, mas não evitou que o dólar encerrasse o dia no terreno positivo. "Depois de três sessões em queda, o mercado encontrou um ponto de sustentação no patamar de R$ 2,070", segundo um operador de câmbio. O dólar futuro com vencimento em janeiro de 2013 encerrou a semana passada cotado a R$ 2,0785, com leve alta de 0,36%.

Na zona do euro, o primeiro-ministro interino da Itália, Mario Monti, lançou sinais divergentes nas últimas horas. Após renunciar ao cargo na sexta-feira, Monti disse no domingo (23) que está disposto a liderar o próximo governo. Nesta manhã, o euro subia ante o dólar, enquanto a moeda dos EUA exibua comportamento misto, entre leves altas e quedas, em relação a moedas correlacionadas com commodities.

Às 9h56 (horário de Brasília), o euro estava em US$ 1,3223, de US$ 1,3173 no fim da tarde de sexta-feira. Já o dólar norte-americano estava quase estável ante o dólar australiano (+0,03%) e o dólar canadense (-0,02%), enquanto recuava diante da rupia indiana (-0,19%) e subia ante o dólar neozelandês (+0,23%).

Carregando...