Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.186,11
    -897,12 (-1,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Câmara rejeita isenção de tarifa de pedágio para carros elétricos

·1 min de leitura

O Brasil ainda engatinha no mercado de carros elétricos e algumas medidas são pensadas para estimular a compra desses veículos. Uma delas, porém, acabou de ser rejeitada pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados no último dia 11 de novembro; o Projeto de Lei 2397/21, que previa a isenção da tarifa dos pedágios para proprietários de automóveis 100% elétricos.

Segundo o autor do PL, o deputado federal Leonardo Gadelha (PSC-PB), a ideia dessa isenção seria de justamente estimular os consumidores a comprarem carros elétricos, mesmo que, para de fato passar por um pedágio, é necessário viajar por rodovias, algo pouco recomendado para quem tem somente um carro elétrico, já que a autonomia e a oferta de carregadores nas estradas é bem baixa.

A argumentação do relator da Comissão, Felipe Rigoni (PSB-ES), porém, foi que se a isenção fosse aprovada, o caminho natural seria de repassar os custos para quem ainda tem carros a combustão ou híbridos, esmagadora maioria da frota de automóveis no Brasil. Essa gratuidade, se fosse aprovada, deveria ser prevista nos futuros editais de concessão de rodovias publicados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

(Imagem: Divulgação/Renault)
(Imagem: Divulgação/Renault)

Vale lembrar que, atualmente, existem alguns benefícios para quem tem um carro eletrificado no Brasil. No caso da cidade de São Paulo, há a isenção do rodízio municipal de veículos, além de um desconto na cobrança do IPVA (Imposto sobre a propriedade de veículos automotores). Em alguns estados, porém, essa cobrança já foi extinta, como no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, para citar alguns.

Por ter sido rejeitada em todas as comissões, a PL 2397/21 será arquivada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos