Mercado fechará em 2 h 17 min

Câmara rejeita destaque à reforma do IR para isentar lucros e dividendos

·1 minuto de leitura
Plenário da Câmara dos Deputados

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou na tarde desta quinta-feira um destaque à proposta de reforma do imposto de renda que pretendia isentar de tributação os lucros e dividendos pagos pelas empresas.

Esse destaque havia sido apresentado pelo partido Novo e foi rejeitado por 300 votos --houve ainda 51 votos a favor e duas abstenções.

O texto-base da reforma, aprovado na véspera, prevê a tributação de lucros e dividendos em 20%.

A votação dos destaques é a fase de análise do projeto em que modificações da proposta são apreciadas separadamente. Concluída esta etapa, a reforma do imposto de renda seguirá para o Senado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos