Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.915,45
    -1.032,55 (-1,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -1.346,38 (-2,64%)
     
  • OURO

    1.774,20
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    57.400,84
    -239,69 (-0,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.471,07
    +3,14 (+0,21%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -231,75 (-3,18%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -2.174,84 (-8,48%)
     
  • NIKKEI

    27.655,19
    -166,57 (-0,60%)
     
  • NASDAQ

    16.194,50
    +44,00 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3917
    +0,0217 (+0,34%)
     

Câmara entrega prêmio a pessoas e instituições na área de saúde mental

·2 min de leitura

A Câmara dos Deputados entregou hoje (20) o Prêmio Nise da Silveira de Boas Práticas e Inclusão em Saúde Mental. Entregue anualmente, o prêmio reconhece o trabalho de pessoas e instituições que promovam políticas de respeito integral às pessoas em sofrimento psíquico e situação de vulnerabilidade.

Este ano, o júri, formado por 12 parlamentares premiou cinco trabalhos entre 23 indicações de candidatos entre associações, médicos e outras personalidade de destaque no tema de humanização do tratamento mental no Brasil.

“São pessoas e instituições que têm desempenhado um papel de enorme importância para dignidade e apoio a milhares de brasileiros e brasileiras que se encontram em situação de sofrimento psíquico e de vulnerabilidade mental e social, inclusive considerando a enorme desigualdade que temos em nosso país”, disse a deputada Marília Arraes (PT-PE), responsável pela entrega do prêmio.

O certame, criado em 2019, homenageia a médica psiquiatra Nise da Silveira, uma das primeiras mulheres que se formaram em medicina no Brasil, na década de 20 do século passado, e que é reconhecida por humanizar o tratamento psiquiátrico no Brasil.

“Em sua trajetória, Nise condenou tratamentos aplicados na época, como o confinamento em hospitais psiquiátricos, a lobotomia e o eletrochoque. Ela trabalhou com seus pacientes para que expressassem o seu mundo interior por meio da arte, fundou ateliês de desenho, oficinas de pintura e esculturas”, explicou a deputada.

Premiados

Hospital Psiquiátrico Professor Severino Lopes, entidade beneficente do Rio Grande do Norte cuja missão é ofertar atendimento a dependentes químicos mediante internação hospitalar no momento da crise aguda;

Associação de Pessoas com Transtornos Mentais, seus familiares, cuidadores e pessoas interessadas em saúde mental no estado do Piauí (Âncora), uma associação sem fins lucrativos que presta serviços na defesa dos direitos das pessoas com sofrimento psíquico, no fortalecimento do protagonismo dos usuários e familiares e no estímulo de políticas públicas na área da saúde mental;

Psiquiatra e psicanalista Evaldo Melo de Oliveira, que implantou na prefeitura do Recife a rede de atenção a pessoas com problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas em todos os distritos sanitários da cidade;

Hospital Mahatma Gandhi, instituição que atende em São Paulo pacientes de municípios da região acometidos por problemas mentais;

Psiquiatra Rostan Silvestre da Silva, que é conhecido em Alagoas pela atenção ao paciente em seus atendimentos e pela dedicação na psiquiatra, psicoterapia individual e de grupo.

*Com informações da Agência Câmara

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos