Mercado fechado

Câmara do DF quer fechar Aeroporto Internacional de Brasília

Rafael Bitencourt

O pedido foi encaminhado à concessionária responsável por administrar o aeroporto, a Inframerica, e remetido nominalmente ao presidente, Jorge Arruda A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) enviou ofício, na noite de ontem, ao Aeroporto Internacional de Brasília solicitando a suspensão de pousos e decolagens de voos internacionais. O documento é assinado pelo vice-presidente da CLDF, deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos).

O pedido foi encaminhado à concessionária responsável por administrar o aeroporto, a Inframerica, e remetido nominalmente ao presidente, Jorge Arruda.

"Considerando a definição da Organização Mundial de Saúde (OMS) que classificou no dia 11 de março de 2020 o surto do novo coronavírus (SARS-CoV-2) como uma pandemia e ainda que todos os casos diagnosticados no Distrito Federal são de pessoas que estiveram recentemente no exterior, solicito o fechamento do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek tanto para pousos e decolagens de voos com procedência e destinos internacionais", requer o ofício.

O deputado distrital pediu ainda que os passageiros vindos de São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte (Confins e Pampulha), Salvador, Belém e Manaus "sejam submetidos à triagem pela vigilância sanitária antes de desembarcarem, evitando assim a disseminação do vírus".

Teste de covid-19; coronavírus

John Minchillo/AP