Mercado abrirá em 1 h 30 min
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,86
    +0,25 (+0,48%)
     
  • OURO

    1.845,20
    -5,70 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    31.375,33
    -299,37 (-0,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    630,01
    -9,91 (-1,55%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.632,84
    -21,17 (-0,32%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.549,75
    +64,25 (+0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5096
    -0,0012 (-0,02%)
     

Câmara aprova MP que cria Programa Emergencial de Suporte a Empregos, com novo aporte a empresas

·1 minuto de leitura
.

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira a medida provisória que cria o Programa Emergencial de Suporte a Empregos, acatando as alterações feitas pelo Senado com um novo aporte de 12 bilhões de reais em créditos via Pronampe para micro e pequenas empresas para, entre outras finalidades, custear o pagamento da folha de funcionários em meio à pandemia do novo coronavírus.

A proposta segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

O relator da MP, deputado Zé Vitor (PL-MG), manteve em seu parecer as modificações feitas pelo Senado. O texto passou a prever a inclusão de igrejas como potenciais beneficiários pela linha de crédito, um aumento da participação da União em 12 bilhões de reais para a concessão de garantias a empréstimos do Pronampe.

O Pronampe havia nascido com orçamento de 15,9 bilhões de reais para garantir até 100% das operações de crédito a negócios de menor porte e, em julho, os bancos já vinham informando que a linha seria exaurida.

(Reportagem de Ricardo Brito)