Mercado fechará em 2 h 20 min
  • BOVESPA

    109.762,93
    -23,37 (-0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.439,71
    -296,77 (-0,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,37
    +0,46 (+1,02%)
     
  • OURO

    1.809,70
    +5,10 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    18.957,73
    -308,92 (-1,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    376,67
    +6,15 (+1,66%)
     
  • S&P500

    3.624,90
    -10,51 (-0,29%)
     
  • DOW JONES

    29.891,30
    -154,94 (-0,52%)
     
  • FTSE

    6.386,58
    -45,59 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.112,25
    +36,25 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3550
    -0,0419 (-0,66%)
     

ByteDance busca financiamento de olho em IPO de ativos

Bloomberg News
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A ByteDance está em negociações para levantar US$ 2 bilhões antes de listar alguns de seus negócios em Hong Kong, disseram pessoas a par do assunto, mesmo quando busca evitar a proibição de seu serviço TikTok nos Estados Unidos.

A empresa chinesa está em negociações com um grupo de investidores que inclui a Sequoia para um financiamento que aumentaria seu valuation para US$ 180 bilhões, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. A ByteDance poderia então começar a preparar alguns de seus maiores ativos, como Douyin e Toutiao, para uma oferta pública inicial em Hong Kong, disseram as fontes. A empresa foi avaliada pela última vez em US$ 140 bilhões, de acordo com CB Insights.

Os termos da rodada de financiamento ainda podem mudar, pois as negociações estão em andamento, disseram as pessoas. Um representante da ByteDance não quis comentar, enquanto um representante da Sequoia não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

A ByteDance, que já é a startup mais valiosa do mundo, tenta evitar a proibição do TikTok nos EUA pelo governo Trump depois que o serviço de vídeo foi classificado como ameaça à segurança nacional. Agora, a empresa busca aprovação dos governos dos EUA e da China para vender uma participação no aplicativo para a Oracle e o Walmart, embora as negociações tenham parado durante as eleições e batalhas jurídicas sobre a implementação da proibição.

Esse acordo, que inclui a condição de que a TikTok realize um IPO dentro de 12 meses em uma bolsa dos EUA, ganhou o sinal verde inicial de Donald Trump como forma de manter vivo um fenômeno das redes sociais que se tornou referência em vídeos de música para mais de 100 milhões de americanos. A ByteDance buscava um valuation de US$ 60 bilhões para o aplicativo, segundo reportagem da Bloomberg News em setembro.

Embora o confronto nos EUA tenha chamado a atenção global, os serviços da ByteDance na China continuam sendo os mais lucrativos. O Douyin, a versão chinesa do TikTok, ultrapassou os 600 milhões de usuários ativos diários em agosto em relação a 400 milhões no início do ano.

O Toutiao, um serviço de notícias orientado por recomendações de inteligência artificial, foi o primeiro sucesso da empresa e se tornou popular na China.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.