Mercado abrirá em 5 h 35 min

BYD e Toyota desenvolverão em conjunto sedãs e SUVs 100% elétricos

feedback@motor1.com (Redação)
2018 Toyota C-HR: First Drive

Projeto prevê o lançamento de novos modelos já em 2020

Os elevados custos de desenvolvimento e produção de carros elétricos estão abrindo portas para novas parcerias e associações. Após Ford e Volkswagen, agora é a vez da gigante chinesa BYD e Toyota anunciarem um acordo para o desenvolvimento conjunto de veículos elétricos a bateria (BEVs).

A assinatura do acordo aconteceu em 19 de julho de 2019 e, conforme explicam em nota oficial, a duas partes desenvolverão sedãs e SUVs, bem como baterias para esses veículos e outros, com o objetivo de lançá-los no mercado chinês sob a marca Toyota na primeira metade dos anos 2020.

Veja mais sobre a Toyota

A Toyota tem uma longa história e know-how de veículos eletrificados. Na Europa, já comercializa versões de seus principais modelos com tecnologia híbrida e também elétrica, além de possuir no Japão carro movido a hidrogênio. No Brasil, a montadora japonesa se prepara para lançar o novo Corolla, que será o primeiro veículo híbrido-flex do mundo.

A BYD foi fundada em 1995 como um negócio de baterias e se transformou em uma empresa de soluções de energia limpa, fabricando não apenas veículos elétricos, mas outros produtos, como células de armazenamento de energia de grande porte e peças centrais para veículos elétricos, como baterias e motores.

Em 2008, a BYD se tornou a primeira empresa do mundo a produzir veículos elétricos híbridos plug-in (PHEVs) em massa. De 2015 a 2018, a BYD é a fabricante que mais vendeu carros elétricos e híbrido do tipo plug-in no mundo inteiro.

BYD possui fábrica no Brasil

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em 2015 para produção de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, interior de São Paulo. Em abril de 2017, inaugurou sua segunda planta para produção de módulos fotovoltaicos, e atualmente já é uma das líderes de mercado no Brasil. E

m fevereiro de 2019, a BYD Brasil assinou seu primeiro projeto de SkyRail (monotrilho) no país, numa Parceria Público Privada (PPP) de R$ 1,5 bilhão na cidade de Salvador. Atualmente a BYD Brasil emprega mais de 250 funcionários nas cidades de Campinas e São Paulo.