Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.393,84
    +1.647,06 (+4,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

BuzzFeed vai abrir capital para brigar por anúncios online

·2 minuto de leitura
BuzzFeed vai abrir capital para brigar por anúncios online
BuzzFeed vai abrir capital para brigar por anúncios online

O BuzzFeed, site americano que ficou famoso por produzir testes comportamentais bem-humorados, anunciou nesta quinta-feira (24) que está fechando um acordo com a empresa 890 5th Avenue Partners para abrir o capital.

O intuito do BuzzFeed com a transação é aumentar sua competitividade no mercado de anúncios online com outras gigantes da tecnologia, além de passar a investir no e-commerce e afiliados – quando uma empresa encaminha clientes em potencial para sites que vendem produtos.

Fachada de um prédio do BuzzFeed
BuzzFeed vai abrir capital para brigar por anúncios online. Imagem: 1000Photography/Shutterstock

Com o negócio a mídia digital terá seu valor de mercado chegando a aproximadamente US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 7,3 bilhões). O valor total abrange também a aquisição da editora digital especializada em streetwear, Complex Networks, por aproximadamente US$ 300 milhões divididos em dinheiro e ações do BuzzFeed.

“Estamos dando o próximo passo na evolução do BuzzFeed, trazendo capital e experiência adicional para o nosso negócio”, afirmou o CEO e fundador da companhia, Jonah Peretti. Segundo o executivo, a compra da editora abrirá novas oportunidades para empresa, alcançando novos públicos e até aumentando o leque de receita.

O BuzzFeed é a primeira empresa do segmento a experimentar abrir seu capital. A empresa agora precisa comprovar aos futuros acionistas que é capaz de brigar com o Google, Amazon e Facebook pelo mercado de anúncios digitais, que teve um grande crescimento com a pandemia da Covid-19.

Leia também!

De acordo com uma entrevista à CNBC, Peretti apontou que mesmo brigando por espaço com essas grandes empresas, o BuzzFeed se beneficiará com o crescimento dos concorrentes, pois eles precisam de conteúdos seguros para manter a credibilidade com as marcas.

A afirmação do CEO da empresa faz ainda mais sentido quando analisamos os ganhos do BuzzFeed durante o ano de 2020. A empresa gerou cerca de US$ 166 milhões (mais de R$ 817 milhões) vendendo o próprio conteúdo, enquanto em publicidade a receita foi de aproximadamente de US$ 196 milhões (cerca de R$ 965 milhões).

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos