Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    58.165,18
    +457,40 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Butantan tem previsão para receber novo lote de matéria-prima da CoronaVac

Fidel Forato
·2 minuto de leitura

Nesta quinta-feira (8), o Instituto Butantan anunciou a previsão para receber novo carregamento de IFA (ingrediente farmacêutico ativo), ou seja, a matéria-prima necessária para o envasamento da vacina CorornaVac contra a COVID-19. Na noite de quarta-feira (7), foi divulgada uma suposta paralisação da fábrica que produz, de forma nacional, o imunizante contra o coronavírus (SARS-CoV-2), mas o Butantan nega.

Importada da biofarmacêutica chinesa Sinovac, a remessa de insumos de 3 mil litros deve chegar até dia 20 de abril, o que permitirá o processamento de mais 5 milhões de doses da vacina. Dessa forma, o Butantan completará a entrega de 46 milhões de doses contratadas da CorornaVac, até o final deste mês, para o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

Novo lote de matéria-prima da CoronaVac deve chegar até o dia 20 de abril (Imagem: Reprodução/_Tempus_/Envato)
Novo lote de matéria-prima da CoronaVac deve chegar até o dia 20 de abril (Imagem: Reprodução/_Tempus_/Envato)

Ainda para o mês de abril, é previsto para chegar um segundo carregamento com mais 3 mil litros, totalizando 10 milhões de doses em IFA (Insumo Farmacêutico Ativo). Desde janeiro, o Butantan já disponibilizou 38,2 milhões de doses ao PNI, sendo responsável pelo fornecimento de mais de 80% das vacinas contra a COVID-19 aplicadas em todo o Brasil.

Produção da CoronaVac pelo Butantan

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Recebemos a autorização de exportação da matéria-prima da China para o Brasil. Esta matéria-prima está prevista para chegar até o dia 20 e, com isso, permitir ao Butantan que continue a produção de vacinas", explicou o presidente do Instituto, Dimas Covas, através das redes sociais. No pronunciamento, Covas defendeu que "não houve interrupção da produção de vacinas. Estamos produzindo vacinas".

Vale lembrar que é, a partir do recebimento de cada lote do IFA, que o Butantan executa todo o processo de envase, rotulagem, embalagem e rigorosa inspeção dos frascos de vacinas, garantindo uma padronização do imunizante. No entanto, a produção da matéria-prima ainda não é feita nacionalmente, já que não houve a transferência de tecnologia da Sinoavac.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: