Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.091,08
    -116,88 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.908,18
    -121,36 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,61
    +0,49 (+0,68%)
     
  • OURO

    1.856,30
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.939,07
    -322,45 (-0,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    990,16
    -20,45 (-2,02%)
     
  • S&P500

    4.246,59
    -8,56 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.299,33
    -94,42 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.386,85
    -54,45 (-0,18%)
     
  • NASDAQ

    14.041,50
    +11,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1127
    -0,0052 (-0,08%)
     

Butantan anuncia paralisação na produção da Coronavac por falta de insumos

·1 minuto de leitura
Butantan anuncia paralisação na produção da Coronavac por falta de insumos
Butantan anuncia paralisação na produção da Coronavac por falta de insumos

O Instituto Butantan anunciou que paralisou a produção da vacina Coronavac por falta de matéria-prima.

O Insumo Farmacêutico Ativo, material base para a fabricação do imunizante, vem da China e está pronto, segundo informações do instituto. Falta a autorização para a remessa ao Brasil. Apesar disso, um lote com 1 milhão de doses da vacina vai ser entregue ao Ministério da Saúde nesta sexta-feira.

O país depende de insumos chineses tanto para a produção da Coronavac, no Instituto Butantan, quanto da Oxford-AstraZeneca, na Fiocruz. Só a Coronavac corresponde a cerca de 75% das vacinas contra a Covid-19 no Programa Nacional de Imunização.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!