Mercado fechará em 6 hs
  • BOVESPA

    111.380,63
    -1.383,62 (-1,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.683,23
    -170,14 (-0,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,59
    -4,50 (-4,89%)
     
  • OURO

    1.792,80
    -22,70 (-1,25%)
     
  • BTC-USD

    24.161,48
    -339,78 (-1,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,89
    -17,87 (-3,02%)
     
  • S&P500

    4.276,30
    -3,85 (-0,09%)
     
  • DOW JONES

    33.756,16
    -4,89 (-0,01%)
     
  • FTSE

    7.486,16
    -14,73 (-0,20%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.554,75
    -23,00 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2062
    +0,0027 (+0,05%)
     

Busca da publicidade por habilidades de tecnologia sobe 47% em 5 anos

A área da publicidade aumentou em 47% a demanda por profissionais com habilidades de tecnologia nos últimos cinco anos, enquanto as habilidades criativas diminuíram 17% no mesmo período. Os dados são da rede social LinkedIn.

Segundo o estudo, de 2015 a 2021 a proporção de cargos criativos contratados em comparação com as funções técnicas teve um aumento de 25%. Por fim, a publicidade perdeu 5,5% mais pessoas do que ganhou no período, o que aponta preocupações sobre este mercado nos próximos anos.

Para Ana Moises, diretora de soluções de marketing do LinkedIn, em uma leitura superficial os dados não dizem muita coisa, mas apontam um caminho de tecnologização crescente em um setor que historicamente sempre dependeu da criatividade humana.

Dados do LinkedIn apontam queda na demanda por habilidades criativas na publicidade (Imagem: Reprodução/Unsplash)
Dados do LinkedIn apontam queda na demanda por habilidades criativas na publicidade (Imagem: Reprodução/Unsplash)

“Esse fluxo de talentos e demandas por habilidades deixam uma mensagem muito clara: o mercado publicitário está investindo e dando cada vez mais espaço para as transformações digitais e tecnológicas. A criatividade ainda é parte fundamental, mas agora ela precisa ser complementada por outras competências”, afirma.

“A indústria da publicidade precisa destinar esforços para conquistar a próxima geração de talentos. Este é um mercado que vem mudando ao longo dos anos, trazendo diversas novas ferramentas e formas de exercer a profissão. As redes sociais são as principais delas, um ambiente que as novas gerações dominam de forma quase natural e podem ser um dos grandes atrativos para despertar o interesse destes jovens para esta carreira”, comenta Moises.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos