Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.721,91
    -1.466,22 (-3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Busca na área financeira cresce 50%; salários chegam a R$ 25 mil

·3 minuto de leitura
Os principais setores no momento são Farmacêutica, Agronegócio, Infraestrutura, Telecomunicações e Construção.
Os principais setores no momento são Farmacêutica, Agronegócio, Infraestrutura, Telecomunicações e Construção.

Uma pesquisa da empresa de recrutamento PageGroup mostrou que a busca por profissionais da área financeira teve um aumento de 50% em abril, comparando com mesmo mês em 2020. Os principais setores no momento são Farmacêutica, Agronegócio, Infraestrutura, Telecomunicações e Construção.

Uma das habilidades mais exigidas é o Inglês avançado ou fluente. Segundo levantamento do British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular, apenas 5% da população brasileira falam a língua, sendo 1% deles fluente.

Leia também:

O trabalho em equipe e habilidade com números nos negócios também podem ser diferenciais para os candidatos. Segundo o gestor da PageGroup, a demanda por estes profissionais aumenta por conta do momento de crise economia, a fim de diagnosticar os problemas e gerar soluções.

A Exame.com listou os cargos mais procurados no momento, além da faixa salarial oferecida. Veja abaixo:

Analista contábil

  • O que faz: profissional responsável por classificação e conciliação contábil e financeira, apuração de impostos diretos e indiretos, elaboração de relatórios contábeis e análise de lançamentos e despesas.

  • Perfil da vaga: graduação em Contabilidade e conhecimento em planejamento e contabilidade financeira, além de análise de custos e de balanço.

  • Salário: R$ 6 mil a R$ 9 mil

  • Motivo para alta: necessidade de reforçar equipes de suporte à gestão em meio à crise.

  • Percentual de aumento da procura pela vaga: 20%

Coordenador de contas a receber (com foco em crédito e cobrança)

  • O que faz: responsável por acompanhar a liquidação de títulos e vencimentos, cobrança de débitos em aberto, conciliação de retornos e bancária, efetua a renegociação de contratos, dívidas e pagamentos

  • Perfil da vaga: perfil analítico com boa comunicação e conhecimento em matemática financeira. Conhecimento nos sistemas ERP são um diferencial

  • Salário: R$9,5 mil a R$13 mil

  • Motivo da alta: Dado o cenário atual, várias empresas precisarão solicitar a renegociação de contratos, dívidas e pagamentos

  • Percentual de aumento da procura pela vaga: 17%

Gerente contábil

  • O que faz: planeja, supervisiona e gerencia atividades contábeis de acordo com as estratégias de negócio da empresa, realiza provisões orçamentárias e analisa e elabora balanços e balancetes.

  • Perfil da vaga: graduação em Contabilidade, capacidade para manipular grande volume de dados e de gestão de equipe.

  • Salário: R$ 18 mil a R$ 25 mil

  • Motivo para alta: otimizar processos e planejamento contábil/controladoria e reporte para a matriz.

  • Percentual de aumento da procura pela vaga: 27%

Controller

  • O que faz: profissional de finanças com pilar de contabilidade e que tem toda a estrutura de finanças abaixo.

  • Perfil da vaga: conhecimento generalista de finanças, contabilidade/controladoria e fiscal. Capacidade de transitar entre áreas e liderança de times robustos.

  • Salário: R$ 20 mil a R$ 25 mil

  • Motivo para alta: otimização de estruturas e área de finanças mais próxima do negócio.

  • Percentual de aumento da procura pela vaga: 33%

Gerente de tesouraria

  • O que faz: responsável por supervisionar as atividades da área financeira: contas a pagar, contas a receber, fluxo de caixa e orçamento. Com o objetivo de estabilizar financeiramente a empresa, deixando as contas em ordem, gerando lucro à companhia

  • Perfil da vaga: analítico e estratégico, com habilidade em matemática financeira e aptidão em comunicação e negociação, além de possuir conhecimento na área de tributos e gestão de custos;

  • Salário: R$ 20 mil a R$ 25 mil

  • Motivo da alta: Dado o cenário atual, muitas empresas precisam de uma liderança sr. para negociar com bancos e representar a companhia.

  • Percentual de aumento da procura pela vaga: 13%