Mercado abrirá em 1 h 5 min

Buraco misterioso de 32 m surge no deserto do Atacama

No sábado (30), um misterioso buraco com mais de 32 m de diâmetro na superfície e 64 m de profundidade se abriu em uma área de mineração no deserto do Atacama, Chile. O Serviço Nacional de Geologia e Mineração (Sernageomin) foi informado do ocorrido naquele dia, e enviou uma equipe especializada à área para coletar informações e preparar um relatório técnico.

O buraco surgiu em uma área operada pela mineradora canadense Lundin Mining, próxima da mina de Alcaparrosa. Após o ocorrido, as autoridades decidiram fechar uma área de 100 m ao redor do buraco como medida de segurança. Em entrevista à mídia local, Cristóbal Zúñiga, prefeito de Tierra Amarilla, alertou que o buraco é resultado das práticas extrativistas, conduzidas na região.

Veja imagens do buraco:

David Montenegro, diretor nacional do Sernageomin, afirmou em um comunicado que o ocorrido não afetou pessoas, equipamentos ou instalações dentro e fora do local. “A empresa suspendeu o trabalho na vertical do buraco, tentando o tempo todo proteger os trabalhadores de Alcaparrosa”, disse.

Ele comentou que, nesta segunda-feira (1º), os especialistas da Sernageomin estão trabalhando junto da empresa para definir as causas da abertura do buraco, garantindo também as medidas de segurança para funcionários e comunidades próximas.

Por fim, Montenegro destacou que os profissionais da Direção Regional e do nível central da Sernageomin estiveram na região para verificar se havia fissuras e entrar na mina, para ver a situação dela. “Eles recolheram informações, que permitirá seguir o trabalho no terreno nesta terça-feira”, finalizou.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos