Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.533,02
    -774,69 (-1,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,70
    -1,27 (-1,76%)
     
  • OURO

    1.765,80
    +14,40 (+0,82%)
     
  • BTC-USD

    43.739,10
    -3.785,86 (-7,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.087,27
    -47,11 (-4,15%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.996,75
    -329,25 (-2,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2545
    +0,0551 (+0,89%)
     

Bündchen, Gaúcho, Mionzinho... veja as celebridades que investem em criptomoedas

·4 minuto de leitura

Cada vez mais o investimento em criptoativos têm atraído um público maior e diverso. De acordo com pesquisa realizada pela Hashdex, maior gestora de criptomoedas do Brasil, o número de investidores no país alcançou novos patamares: o crescimento foi de 938% em 2021. No ano passado, eram 30 mil investidores em fundos e ETFs (fundos de índice). Atualmente, o número saltou para 325 mil investidores. A pesquisa usou como base dados da B3 e CMV (Comissão de Valores Imobiliários).

Alguns foram os motivos para a explosão das moedas digitais. A expansão do número de fundos é um dos fatores. Em 2017, havia apenas um fundo. Em 2021, já são mais de 15. Além disso, a valorização do mercado e a divulgação feita por personalidades célebres e famosas são indicativos relevantes para a popularização desse tipo de investimento.

Em meio a polêmicas e lucros, conheça 6 famosos brasileiros que investem em criptomoedas:

  1. Gisele Bündchen

  2. Ronaldinho Gaúcho

  3. Luciano Szafir

  4. Roberto Justus

  5. Kleber Bambam

  6. Mionzinho

Gisele Bündchen

A supermodelo brasileira adquiriu uma participação acionária na FTX (plataforma de criptomoedas) nos EUA.  REUTERS/Johannes Eisele (GERMANY)
A supermodelo brasileira adquiriu uma participação acionária na FTX (plataforma de criptomoedas) nos EUA. REUTERS/Johannes Eisele (GERMANY)

A supermodelo brasileira adquiriu uma participação acionária na FTX (plataforma de criptomoedas) nos EUA, ao lado do marido Tom Brady, um dos atletas mais ricos do mundo. Gisele atua como consultora de iniciativas ambientais e sociais e Brady como embaixador da corretora. Recentemente, o casal estrelou um comercial da empresa intitulado “FTX. You in? (Você está dentro?)”. A exchange de criptomoedas gastou cerca de US$ 20 milhões para exibir o comercial durante os intervalos dos jogos da NFL.

Ronaldinho Gaúcho

O ex-jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira é um conhecido investidor e entusiasta das criptomoedas, porém não sem polêmicas. (AP Photo/ Wong Maye-E)
O ex-jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira é um conhecido investidor e entusiasta das criptomoedas, porém não sem polêmicas. (AP Photo/ Wong Maye-E)

O ex-jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira é um conhecido investidor e entusiasta das criptomoedas, porém não sem polêmicas. Em 2019, ele foi garoto-propaganda da 18K Ronaldinho e LBLV, duas empresas suspeitas de operarem em esquema de pirâmide com bitcoin. Desde de junho deste ano, Gaúcho promove em suas redes sociais que contabilizam mais de 20 milhões de seguidores, a criptomoeda Atari Token.

Luciano Szafir

Outro famoso envolvido em polêmicas e criptomoedas é o ator Luciano Szafir, mais conhecido por ser ex da apresentadora Xuxa Meneghel. Em abril deste ano, Szafir estrelou um comercial da IQ Option, plataforma de tranding e corretora de valores proibida pela Comissão de Valores Imobiliários (CVM) de captar clientes brasileiros. Na propaganda, o ator apresenta o “Robô da Nasa”, um algoritmo milagroso que promete rentabilidade de 300% ao mês sem qualquer esforço, tudo seria operado pelo “Robô da Nasa”. O vídeo viralizou e logo foi questionado sobre a veracidade do que é apresentado. Após a repercussão negativa, o ator se desculpou e tirou o vídeo de suas redes sociais.

Roberto Justus

O empresário, apresentador e investidor vendeu um imóvel seu em Miami e recebeu todo o pagamento em Ethereum, a segunda maior criptomoeda em capitalização de mercado. Foto: Reprodução.
O empresário, apresentador e investidor vendeu um imóvel seu em Miami e recebeu todo o pagamento em Ethereum, a segunda maior criptomoeda em capitalização de mercado. Foto: Reprodução.

O empresário, apresentador e investidor vendeu um imóvel seu em Miami e recebeu todo o pagamento em Ethereum, a segunda maior criptomoeda em capitalização de mercado. Por um tempo, Justus foi cético quanto ao mercado de criptomoedas, mas desde o ano passado é consultor da WiBX, a primeira moeda digital brasileira.

Kleber Bambam

Kleber Bambam no
Kleber Bambam no "Altas Horas". Foto: reprodução/TV Globo

O campeão da primeira edição do reality Big Brother Brasil também é um entusiasta e investidor de criptomoedas. Além de se dedicar ao fisiculturismo e de trabalhar com redes sociais, o ex-BBB investe em imóveis, na bolsa de valores e em moedas digitais como o Bitcoin e Ethereum.

Mionzinho

O publicitário e ator Victor Coelho, conhecido pela parceria com o apresentador Marcos Mion, também é um investidor em criptomoedas. Foto: Reprodução.
O publicitário e ator Victor Coelho, conhecido pela parceria com o apresentador Marcos Mion, também é um investidor em criptomoedas. Foto: Reprodução.

O publicitário e ator Victor Coelho, conhecido pela parceria com o apresentador Marcos Mion, também é um investidor em criptomoedas. Mionzinho declarou em seu Twitter o investimento em Bitcoins quando, em fevereiro deste ano, a moeda digital bateu recorde de cotação após a fabricante de carros elétricos, Tesla (empresa do bilionário Elon Musk), anunciar que aceitaria a moeda como forma de pagamento por seus veículos.

Com informações de O Globo e CNN.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos