Mercado fechado

Bullying: famosos que revelaram sofrer na escola

(Reprodução/Instagram)

Durante a fase escolar é mais comum sofrer bullying – aquelas “brincadeiras maldosas” que alguns colegas insistem em fazer com outros, mas que quem é o alvo do preconceito não acha a menor graça. E esse tipo de zombaria não é exclusivo nosso, pessoas comuns, mas também atinge os famosos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Leia também

Conheça alguns nomes que já falaram publicamente sobre apelidos que ganharam na infância:

Taís Araújo revelou o bullying no Instagram 

A atriz já divulgou ter sofrido bullying quando mais nova, no colégio. Sem dar muitos detalhes, ela publicou uma foto dela ainda criança no Facebook, com o intuito de falar mais sobre a situação vivida e fomentar discussões sobre o assunto. “Tá vendo essa menina com cara de brava na foto? Ela sofreu muito bullying na escola, mas aprendeu a se defender. Com apoio da família, trabalhando a autoestima e o amor próprio das crianças, não há espaço para bullying”, disse ela no post.

Sophia Abrahão sofreu por ser magra 

A magreza pode ser um dos atributos mais cobiçados da atualidade por muitas pessoas, mas Sophia não sentia isso quando mais nova. Sempre muito magra, a atriz contou em entrevista ao ‘Programa do Jô’, há alguns anos, que se sentia feia por não ter coxas grossas e que, inclusive, usava mais de uma calça para dar aquela “preenchida” e não ser zoada pelos colegas de sala. Um dos apelidos que ganhou na infância era “Caloi” - em referência à bicicleta.

Millie Bobby Brown teve de mudar de escola 

A estrela de ‘Stranger Things’, seriado do Netflix, declarou recentemente que teve de mudar de mudar de escola na infância por ter sofrido bullying. A situação, continuou a atriz, criou ansiedade e outros problemas que ela leva com ela até hoje.

Marina Ruy Barbosa sofreu bullying por ser ruiva 

Quem vê a atriz Marina Ruy Barbosa tão segura hoje em dia não imagina que na escola ela ganhou vários apelidos desagradáveis. A ruiva já contou publicamente que foi chamada na escola de 'arroto de fanta laranja’ e se sentia muito mal com os comentários.

Estudantes queriam suicídio Demi Lovato

Algumas crianças lidam com algumas situações mais leves, outras com um bullying realmente preocupante - como é o caso que aconteceu com a cantora Demi Lovato. Em entrevista, ela contou que quando era mais nova, teve de estudar em casa por causa de bullying que sofria no colégio, que resultaram também em distúrbios alimentares e depressão. 

"Havia uma petição que passou pelo colégio pedindo que eu me matasse. E muitas pessoas assinaram, dizendo: 'Sim, esperamos que ela leve a ideia adiante'. Eram coisas muitos maldosas, que fazem seu estômago revirar. Também havia uma 'parede do ódio a Demi', que ficava em um banheiro cheio de coisas nojentas escritas”, disse ela, em entrevista à jornalista Tracy Smith.