Mercado fechará em 1 h 51 min
  • BOVESPA

    111.278,60
    -2.534,27 (-2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.530,82
    -198,98 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,23
    -0,27 (-0,30%)
     
  • OURO

    1.763,30
    -7,90 (-0,45%)
     
  • BTC-USD

    21.455,31
    -1.853,80 (-7,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    510,06
    -31,54 (-5,82%)
     
  • S&P500

    4.233,85
    -49,89 (-1,16%)
     
  • DOW JONES

    33.757,41
    -241,63 (-0,71%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,77 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.276,00
    -247,25 (-1,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1868
    -0,0270 (-0,52%)
     

Bullard, do Fed, favorece alta de 0,75 p.p. nos juros em julho por ora--Nikkei

Presidente do Fed de St. Louis, James Bullard

(Reuters) - O presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, preferiria elevar os juros em 0,75 ponto percentual na próxima reunião de política monetária do banco central norte-americano, no final deste mês, dizendo ao serviço de notícias japonês Nikkei em entrevista divulgada nesta quinta-feira que não apoia, por ora, um ajuste de maior magnitude.

"Até agora, enquadramos isso principalmente como 50 contra 75 (pontos-base) para esta reunião", disse Bullard. "Acho que 75 tem muita virtude, porque o nível neutro de longo prazo que o comitê enxerga, de acordo com o Resumo de Projeções Econômicas, é na verdade cerca de 2,5%."

Quando questionado se a taxa básica de juros do Fed, atualmente em faixa de 1,5% a 1,75%, poderia exceder 4% até o final deste ano, Bullard disse: "Suponho que seja possível", mas alertou que isso exigiria que os dados de inflação continuassem vindo de "maneira adversa".

(Por Dan Burns)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos