Mercado fechará em 6 h 48 min
  • BOVESPA

    117.197,82
    0,00 (0,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.845,83
    -200,77 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,58
    -0,18 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.721,10
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    20.155,79
    +133,71 (+0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    458,38
    -0,03 (-0,01%)
     
  • S&P500

    3.783,28
    -7,65 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    30.273,87
    -42,43 (-0,14%)
     
  • FTSE

    6.987,40
    -65,22 (-0,92%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,80 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.601,50
    -22,25 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1236
    -0,0126 (-0,25%)
     

Bugatti confirma chegada de híbrido sucessor do Chiron para 2027

O próximo supercarro da Bugatti chegará ao mercado em 2027 com a missão de substituir um dos maiores ícones da história da marca, o Chiron, e trará com ele inovação do início ao fim, incluindo a propulsão.

Em entrevista exclusiva para o site britânico Autocar, o diretor de design Achim Anscheidt confirmou o que Mate Rimac, CEO da montadora, havia antecipado já em fevereiro de 2022: o substituto do Chiron trocará o lendário motor W16 por um eletrificado.

"Ele oferece oportunidades. Há oportunidades para ficar um pouco mais atlético para a forma de Bugatti no futuro sem perder o gesto geral de generosidade ou soberania. Conhecemos cada centímetro de nossos carros tão bem agora que sabemos exatamente onde a mudança nos ajudaria e onde criaria um problema", comentou.

Projeção mostra como pode ser o Bugatti híbrido, sucessor do Chiron (Imagem: Reprodução/Autocar)
Projeção mostra como pode ser o Bugatti híbrido, sucessor do Chiron (Imagem: Reprodução/Autocar)

Diretor da Bugatti pede: "Confiem em nós"

O vice-diretor de design da marca, Frank Heyl, fez questão de dizer que o chassi deve ser mais "enxuto" do que o do recém-apresentado Bugatti Mistral, já que o motor será menor. A marca vem fazendo mistério sobre quais especificações escolherá para compor a propulsão híbrida, mas a promessa é de que seja algo extraordinário.

Segundo o executivo, ele será ainda mais incrível que o Mistral. "Vai ser incrível, proporcionalmente, tecnologicamente, em termos de inovação, em termos de imprevisibilidade. Vai surpreender completamente, e é uma verdadeira alegria trabalhar nisso".

Heyl foi taxativo quando questionado a respeito das dúvidas que têm surgido por parte dos fãs que o Bugatti Chiron conquistou ao longo dos anos em que esteve no portfólio da marca, e sintetizou o que eles devem esperar do próximo supercarro híbrido em uma frase: "Confiem em nós".

Quanto vai custar o Bugatti híbrido?

Como não há nenhuma especificação revelada a respeito do futuro Bugatti híbrido, tudo o que vem se falando a respeito do preço do próximo supercarro da marca francesa é pura especulação.

De acordo com a imprensa local, ele deve ser superior ao do Mistral, que chegou recentemente por 5 milhões de euros (R$ 25,57 na cotação de agosto de 2022). Após o lançamento do sucessor híbrido do Chiron, a Bugatti, que ainda não está convencida sobre a necessidade da eletrificação, deve, enfim, mandar ao mercado um carro 100% elétrico.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: