Mercado abrirá em 7 h 7 min

BTG Pactual eleva preço-alvo de sua small cap favorita

 SÃO PAULO – O BTG Pactual reiterou a recomendação de compra das ações da CVC (CVCB3) e elevou o preço-alvo dos papéis em 12 meses de R$ 31 para R$ 38, valor 19% acima do fechamento de quarta-feira (7).

 Os analistas Fábio Monteiro e Luiz Guanais afirmam que a empresa é uma de suas favoritas entre as small caps, com uma combinação de boa execução de negócio, marca forte e cuidadosas aquisições recentes, como a compra da Trend e Experimento, além da parceria com a Livelo.

 Segundo o BTG, essas características permitiram à empresa superar seus principais concorrentes e consolidar sua uma posição de liderança na maior parte dos segmentos em que atua, mantendo um ROIC (retorno sobre capital investido) bem acima da média dos varejistas.

 Do outro lado, os analistas veem muito espaço para a expansão da liderança da empresa nos próximos anos com a consolidação dos negócios adquiridos recentemente e potenciais oportunidades de fusão e aquisição no Brasil e no exterior.

 “Dada a posição de liderança no setor de turismo e alavancagem financeira confortável, acreditamos que a CVC deve continuar a se beneficiar de uma estratégia de fusões e aquisições assertiva para gerar valor para seus acionistas, ao mesmo tempo que capturam sinergias dos ativos adquiridos”, dizem os analistas.

 Sobre o preço da ação, o BTG considera que não é exatamente uma “pechincha”, mas as boas perspectivas reforçam a opção pela CVC como uma das favoritas.