Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.303,76
    -355,30 (-1,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Bruno Méndez lamenta goleada sofrida pelo Corinthians: 'Não pode levar quatro'

·1 minuto de leitura


O torcedor do Corinthians deve estar vivendo uma noite terrível após ver seu time do coração sofreu uma goleada vexatória por 4 a 0, para o Peñarol, no Uruguai, mas a sensação não é muito diferente daquela que os jogadores tiveram dentro de campo, onde carregaram a pior derrota do clube em suas participações em torneios continentais. A ordem agora é pensar no Paulistão.

TABELA
> Veja classificação e simulador da Sul-Americana-2021 clicando aqui

GALERIA
> Fagner 400 jogos! Veja jogadores que mais vestiram a camisa do Corinthians

Na saída de campo, em entrevista para a Conmebol TV, Bruno Méndez lamentou demais o resultado e afirmou que o Timão, pelo seu tamanho, jamais poderia sofrer quatro gols em um jogo. Sem conseguir explicar o atropelamento, o uruguaio volta as atenções para a semifinal do estadual, já que a derrota também implicou na eliminação na Copa Sul-Americana.

- É difícil falar depois de levar quatro gols em um campeonato internacional. O Corinthians é grande, não pode levar quatro. Agora é focar no estadual.

Após lamentar o placar elástico, Bruno tentou analisar onde o Corinthians errou para tomar quatro gols do bom time do Peñarol, que fez a festa no setor defensivo da equipe brasileira, onde poderia ter ampliado a goleada.

- No primeiro tempo, tentamos fazer uma linha de cinco, creio que erramos, Peñarol jogou sozinho a maior parte do tempo, tiveram espaço e fizeram muitos gols - concluiu.

Não haverá muito tempo para o Corinthians mudar a chavinha para outra competição, já que neste final de semana o time terá a semifinal do Campeonato Paulista e aguarda o seu adversário, que ainda não está definido. Nesta sexta-feira pela manhã, o elenco já treinará no CT Joaquim Grava.