Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.710,03
    -3.253,98 (-2,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.748,41
    -906,88 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,78
    +0,50 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.813,90
    -22,20 (-1,21%)
     
  • BTC-USD

    54.460,45
    -2.286,60 (-4,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.472,84
    -90,99 (-5,82%)
     
  • S&P500

    4.063,04
    -89,06 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.587,66
    -681,50 (-1,99%)
     
  • FTSE

    7.004,63
    +56,64 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    12.973,25
    -372,75 (-2,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4177
    +0,0723 (+1,14%)
     

Bruno Henrique destaca espírito de luta em virada contra o Vélez Sarsfield: 'O Flamengo é isso'

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Foi sofrido, foi dramático, mas o Flamengo saiu de Liniers com um resultado gigantesco na bagagem. Certamente não foi a atuação mais espetacular tecnicamente deste grupo de jogadores, mas a vitória por 3 a 2, após estar atrás do marcador em duas oportunidades, já coloca o campeão de 2019 em boa situação em sua chave na Conmebol Libertadores.

Em entrevista coletiva concedida após o encerramento do jogo (via globoesporte.com), o atacante Bruno Henrique destacou o poder de superação e o espírito de luta do time rubro-negro no duelo. Para o camisa 27, essa postura em campo foi fundamental para o Flamengo sair da Argentina com a vitória, encerrando um jejum de 20 anos sem triunfos do clube no país.

Arrascaeta anotou o gol da vitória do Flamengo | JUAN MABROMATA/Getty Images
Arrascaeta anotou o gol da vitória do Flamengo | JUAN MABROMATA/Getty Images

"Jogar na Argentina, não só aqui, mas é muito difícil. Sabíamos que o jogo ia ser pegado. A gente tem qualidade, consegue ainda jogar um bom futebol. A equipe está numa crescente muito boa. O comando está sendo bem feito, e a gente tem que continuar dessa forma que a gente entrou aqui na Argentina. Onde o Flamengo jogar tem que ser esse espírito de pegada, de Libertadores. Seguir em frente", disse o atacante.

Além da atitude dos jogadores, Bruno Henrique citou outro diferencial para a vitória rubro-negra, exaltando o trabalho da comissão técnica: "O comando. A liderança do professor Rogério, que passou todas as coordenadas pra gente encarar o Vélez aqui na Argentina. Conseguimos, mesmo saindo duas vezes atrás no marcador, empatar. No momento certo conseguimos fazer o gol da vitória e ter a tranquilidade de conduzir o jogo. Acredito que conduzimos o jogo desde o primeiro momento. O Flamengo é isso. A gente tem esse poder de concentração muito grande", concluiu.

O Rubro-Negro volta a campo já no próximo sábado (24), quando encara o Volta Redonda pela última rodada classificatória do Carioca. Pela Libertadores, o próximo compromisso do time da Gávea será em casa, contra o Unión La Calera, na terça-feira (27).