Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.687,12
    +3,57 (+0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,21
    -0,06 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.855,80
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    33.881,61
    +434,36 (+1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    682,52
    +5,62 (+0,83%)
     
  • S&P500

    3.825,29
    -16,18 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    30.785,95
    -211,03 (-0,68%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.822,29
    +190,84 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    13.319,50
    -42,00 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6370
    -0,0150 (-0,23%)
     

Brigas sobre direitos de pesca seguem impedindo acordo comercial UE-Reino Unido

Gabriela Baczynska
·1 minuto de leitura
Principal negociador do Brexit para a União Europeia, Michel Barnier

Por Gabriela Baczynska

BRUXELAS (Reuters) - O principal negociador do Brexit para a União Europeia, Michel Barnier, atualizará os 27 enviados nacionais do bloco sobre as últimas novidades do Brexit nesta terça-feira, com as divergências em relação a direitos de pesca sendo o principal obstáculo para um novo acordo comercial, disseram fontes em Bruxelas.

Autoridades da UE disseram que Barnier também falará com o grupo do Brexit do Parlamento Europeu, acrescentando que cortar o valor da pesca do bloco em águas britânicas em cerca de 30% a partir de 2021 seria muito alto.

O bloco estava disposto a ir até 25%, disseram diplomatas e funcionários, mas acrescentaram que o número é apenas uma peça do quebra-cabeça, com a duração do período de transição após 31 de dezembro, bem como maneiras da UE retaliar caso o Reino Unido elimine sua indústria das águas britânicas, sendo igualmente importante.