Mercado fechado

Brics tem de mirar um fluxo anual de comércio de US$ 500 bi, diz Modi

Estevão Taiar, Fabio Murakawa e Daniel Rittner

Em encontro do bloco no Palácio do Itamaraty, primeiro-ministro indiano sugeriu ainda a criação de uma agência de classificação de risco do grupo Os países do Brics precisam trabalhar para alcançar entre eles um fluxo anual de comércio de US$ 500 bilhões, afirmou nesta quinta-feira o primeiro-ministro da Ìndia, Narendra Modi.

"Precisamos traçar um plano de trabalho para alcançar a meta de US$ 500 bilhões de comércio intra-Brics", afirmou em discurso realizado durante o diálogo dos líderes do Brics com o NBD e o conselho empresarial do grupo, no Palácio do Itamaraty.

No discurso, Modi também sugeriu a criação de uma agência de classificação de risco do Brics.

Os líderes dos países que integram o bloco estão no Brasil para a cúpula do grupo. Em discursos, eles têm defendido a ampliação do comércio, de investimentos e outras cooperações.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, participa do Fórum Empresarial do Brics, em Brasília

Marcos Corrêa/PR