Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,44
    +0,54 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.835,90
    +4,60 (+0,25%)
     
  • BTC-USD

    58.348,84
    -174,42 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.738,75
    +29,00 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3693
    +0,0042 (+0,07%)
     

Brasileiros movimentaram R$ 27 bilhões em Bitcoin no 1º trimestre de 2021

Júlia V. Kurtz
·2 minuto de leitura

Investidores brasileiros movimentaram 112.665 Bitcoins nas exchanges nacionais no primeiro trimestre de 2021, indica um relatório da Cointrader Monitor.

O valor equivale a cerca de R$ 27 bilhões e é 20,9% maior que o registrado no mesmo período de 2020, que registrou movimentação de 93.200,64 BTC (R$ 3 bilhões). Já o volume em reais aumentou 716,78%.

Os dados foram coletados nos canais de API de 32 exchanges brasileiras e se referem a declarações que não foram auditadas.

A exchange que registrou o maior volume de trades no primeiro trimestre do ano foi o Mercado Bitcoin, com 25.070 BTC, o equivalente a 22,5% do mercado. Entretanto, outro relatório da CTM aponta que a Binance atingiu a liderança mensal em março, com 6.416,08 BTC, o equivalente a 23,52% do volume.

Volume de trades de Bitcoin em exchanges que atuam no Brasil no primeiro trimestre de 2021. Fonte: Cointrader Monitor
Volume de trades de Bitcoin em exchanges que atuam no Brasil no primeiro trimestre de 2021. Fonte: Cointrader Monitor

A disparidade entre os valores transacionados em Bitcoin e em reais ocorre porque o preço do BTC é dolarizado, fazendo com o que o preço no mercado local reflita a variação do câmbio. Enquanto o Bitcoin tem valorizado, o valor da moeda nacional segue em direção contrária.

Como lembra a Cointrader Monitor, o valor de 1 BTC era de R$ 36.814,41 no primeiro trimestre de 2020 e, um ano depois, saltou para R$ 251.202.57.

O volume de trade também alcançou índices altos no comparativo mês a mês. Segundo o levantamento, a movimentação de fevereiro de 2021 – que atingiu a marca de R$ 9,2 bilhões – é 849,82 vezes maior que a do ano anterior, que foi de R$ 970,1 milhões.

Preço do Bitcoin no Brasil no primeiro tri de 2021. Fonte: Cointrader Monitor
Preço do Bitcoin no Brasil no primeiro tri de 2021. Fonte: Cointrader Monitor

O relatório da CTM usou informações das exchanges Alterbank, Binance, Biscoint, BitCambio, BitcoinToYou, BitcoinTrade, Bitnuvem, bitPreço, Bitrecife, Bitso, Blocktane, BrasilBitcoin, Braziliex, BULLGAIN, Citcoin, Coinext, CointradeCX, ComprarBitcoin, CryptoMKT, flowBTC, Foxbit, FTX, Makes Exchange, MercadoBitcoin, NovaDAX, Nox Bitcoin, PagCripto, PagCripto OTC, Stonoex, UpCâmbio, Walltime e YouBTrade.

O artigo Brasileiros movimentaram R$ 27 bilhões em Bitcoin no 1º trimestre de 2021 foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.