Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,31 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.836,10
    +4,30 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    35.378,44
    +234,82 (+0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,25 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,64 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -15,50 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1835
    +0,0534 (+0,87%)
     

Brasileiros ganham tipos inéditos de mandioca e feijão em seus pratos

·2 min de leitura
Feijão
Lançamento ocorreu nesta terça-feira (30)

(Getty Images)

  • Instituto Agronômico lança dez tipos de feijão e mandioca

  • Uma das cultivares de feijão é inédita no Brasil

  • Grãos são voltados aos mercados interno e externo e as raízes se destacam pela qualidade e produtividade

As refeições dos brasileiros acabam de ficar mais ricas com os novos tipos de feijões e mandiocas que estão sendo produzidos no Brasil. Nesta terça-feira (30), o Instituto Agronômico (IAC) anunciou o lançamento de dez cultivares, sendo que uma delas é inédita no Brasil.

Leia também:

O evento aconteceu na sede do IAC, em Campinas (SP), durante a comemoração dos 130 anos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Em comunicado, o diretor-geral do Instituto, Marcos Guimarães de Andrade Landell, manifestou sua satisfação com a novidade.

“Com essas dez novas cultivares, somamos 26 lançamentos de cultivares IAC de junho deste ano até agora, resultados que ressaltam o vigor e a eficiência do centenário IAC”, comemorou.

Os grãos são destinados tanto ao mercado interno quanto ao externo e as raízes se destacam pela excelente qualidade e produtividade.

Por dentro das novas cultivares

Das dez lançadas, seis são de feijão e dividem-se em duas de tegumento branco, três de coloração vermelha e uma de tegumento rajado arredondado.

A cultivar inédita, IAC 2154, trata-se de uma com tegumento branco e com grãos pequenos, que já atraem os olhares de empresas interessadas em fabricar farinha de feijão branco, muito utilizada na culinária norte-americana e nacional.

Com relação à mandioca, são quatro novas cultivares, sendo que duas passaram por pesquisas ao longo de 20 anos. O intuito foi fornecer ao mercado mandiocas com alta produtividade e baixo tempo de cozimento, além de resistência à bacteriose, principal doença da raiz, e adaptadas ao sistema de produção.

Já as outras duas foram lançadas para a indústria, uma vez que têm alta produtividade – podendo alcançar de 25 a 30 toneladas por hectare em um ciclo – e são ótimas para produção de farinha e fécula.

Para saber mais detalhes sobre cada uma das novas cultivares, acesse o site do governo de São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos