Brasileiros ajudam aeroporto de Miami a bater recorde de passageiros em 2012

Miami (EUA.), 17 jan (EFE).- O Aeroporto Internacional de Miami (MIA) anunciou nesta sexta-feira que em 2012 registrou um novo recorde histórico no número de passageiros transportados, em parte graças às conexões com o Brasil, assim como no número de mercadorias, que superaram os dois milhões de toneladas.

Segundo os dados, em 2012 passaram pelo aeroporto 39,5 milhões de passageiros, o que representa um aumento de 1,1 milhões (3%) com relação a 2011 - quando já havia sido batido um recorde histórico -, e foram transportadas 2,1 milhões de toneladas, 4,6% mais do que no ano passado.

Se levarmos em consideração o preço, as mercadorias transportadas alcançariam um recorde de US$ 61 bilhões e calcula-se que em 2012 esse número pode ter sido superado em 10%, embora ainda não tenham sido divulgados os dados definitivos.

O impulso aconteceu, principalmente, por conta do aumento de 5,2% no número de passageiros estrangeiros até chegar a 19,4 milhões de viajantes, enquanto o de americanos unicamente aumentou apenas 1%, até 20,1 milhões.

Se mantiver essa tendência, em breve o número de visitantes internacionais - que na maioria são ou vão para a América Latina e Caribe - igualará ao de americanos.

"Apesar da economia nacional seguir tendo problemas para se reestruturar, MIA continua alcançando novos recordes como nosso primeiro motor econômico", disse nesta sexta-feira o prefeito do condado de Miami-Dade, Carlos Giménes, após conhecer estes números.

Parte desta melhora se deve ao reforço das operações da American Airlines, que oferece desde Miami 328 voos diários a 38 cidades do mundo, entre elas seis novas rotas, Assunção (Paraguai), Barcelona, Manaus, Recife, Roatán (Honduras) e Seattle (EUA).

Além disso, durante o ano passado começaram a operar neste aeroporto a LAN Colômbia, com quatro voos semanais a Bogotá, a mexicana Interjet, com um trajeto diário para Cidade do México, a europeia Antilles Express, voando diariamente a Curaçao, a russa Aeroflot, com três saídas semanais a Moscou, e a Gol, com um serviço diário para São Paulo.

Os responsáveis da MIA afirmam que com estas incorporações o aeroporto se transformou no local que oferece mais viagens a diferentes destinos no Brasil, com sete: Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Em 2011, o Brasil já foi o principal mercado internacional para o aeroporto de Miami e, faltando os números de 2012, previsivelmente o resultado será repetido.

Em conjunto, American Airlines, TAM e Gol oferecem 123 voos semanais entre a cidade americana e as cidades brasileiras. EFE

Carregando...