Mercado fechará em 3 h 55 min
  • BOVESPA

    106.423,02
    +59,92 (+0,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.548,71
    -165,89 (-0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,38
    -0,28 (-0,34%)
     
  • OURO

    1.799,50
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    61.498,11
    +2.273,52 (+3,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.482,69
    +63,31 (+4,46%)
     
  • S&P500

    4.587,82
    +36,14 (+0,79%)
     
  • DOW JONES

    35.688,87
    +198,18 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.250,44
    -2,83 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.733,50
    +146,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5599
    +0,1352 (+2,10%)
     

Brasileiros agora poderão entrar na Alemanha com teste negativo para covid

·1 minuto de leitura

A partir do domingo (19), brasileiros terão mais facilidade para entrar na Europa. A Alemanha anunciou nesta sexta (17) um relaxamento nos protocolos sanitários para viajantes vindos do Brasil graças à melhora da situação epidemiológica de covid-19.

De acordo com o comunicado do Instituto Robert Koch, agência alemã responsável pelo controle de doenças infecciosas, a partir de agora será possível entrar no país apenas com um teste PCR negativo realizado até 72 horas antes da viagem, ou um teste de antígeno com 48 horas de antecedência. Também é válida a apresentação de um comprovante de recuperação da covid-19.

Essa mudança nas regras faz com que mesmo quem se vacinou com a CoronaVac, que ainda não está inclusa entre os imunizantes aceitos pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), possa entrar no país. As vacinas em uso no Brasil que são reconhecidas pela agência são as da AstraZeneca, da Janssen e da Pfizer. A da Moderna também está na lista, mas ela não integra o Plano Nacional de Imunização.

Melhor momento epidemiológico do Brasil credencia entrada na Alemanha com menos burocracias (Imagem: Anna Shvets/ Pexels)
Melhor momento epidemiológico do Brasil credencia entrada na Alemanha com menos burocracias (Imagem: Anna Shvets/ Pexels)

A entrada para brasileiros que tinham usado alguma das vacinas aprovadas já tinha sido liberada desde o dia 22 de agosto. Quem não se enquadrava na categoria precisava enfrentar restrições mais severas.

Primeiro, era necessário comprovar a “extrema necessidade” para a viagem. Depois seria obrigatório o cumprimento de dez dias de quarentena.

Na prática, a abertura da Alemanha também facilita a circulação no restante da Europa, já que, ainda que outros países da região mantenham restrições específicas ao Brasil, a circulação interna é facilitada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos