Brasileiro de 23 anos ocupa mansão da Flórida desde dezembro

Miami, 25 jan (EFE).- Um brasileiro de 23 anos ocupou uma impressionante mansão de Boca Raton, na Flórida, avaliada em mais de US$ 2 milhões, sem que a polícia tenha autoridade para despejá-lo, já que não está cometendo nenhum crime.

Sobre a luxuosa casa pesa uma execução hipotecária desde julho do ano passado e o banco que a possui, o Bank of America, até agora não tomou medidas para pôr o imóvel no mercado novamente.

Enquanto isso, o brasileiro Andre Barbosa se mudou para essa mansão e vive ali sem pagar nenhum tipo de aluguel, que, em circunstâncias normais, poderia chegar a dezenas de milhares de dólares.

O jovem a ocupou e espera apropriar-se dela graças ao direito à "posse adversa", que permite a alguém adquirir a propriedade de um imóvel após viver ali durante sete anos, sempre que sejam cumpridas condições como mantê-la e pagar os impostos.

Em dezembro do ano passado, Barbosa notificou às autoridades que se mudou para o imóvel, que tem cinco quartos e acesso direto ao mar, para que assim começasse a contar o prazo.

O Bank of America finalmente interpôs esta semana uma ordem de despejo contra Barbosa e outras oito pessoas que poderiam estar vivendo no local.

A emissora local "WPTV NewsChannel 5" informou hoje que outras seis pessoas fizeram o mesmo em outras propriedades do condado de Palm Beach (Flórida) desde que começou o ano. EFE

Carregando...