Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    48.143,24
    +611,43 (+1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

BrasilAgro precifica ações a R$22 por papel e levanta R$440 mi em oferta restrita

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A BrasilAgro levantou 440 milhões de reais em uma oferta restrita de ações, após o conselho da companhia ter fixado o preço por papel na operação em 22 reais, informou a empresa em comunicado na madrugada desta quinta-feira.

A oferta envolveu emissão de 20 milhões de novas ações. A quantidade inicial ofertada foi acrescida em 13,68% desse total (2,73 milhões de ações), envolvendo papéis de emissão da companhia e de titularidade da acionista Autonomy Luxembourg One, em oferta secundária, nas mesmas condições e preço.

Com a oferta, a BrasilAgro passa a ter capital social total de 1,139 bilhão de reais, dividido em 82 milhões de ações ordinárias, acrescentou a empresa no comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os recursos líquidos obtidos com a transação serão destinados à aquisição de ativos na Bolívia, compra de terras para exploração e desenvolvimento de propriedades agrícolas e negócios para otimizar e alavancar as atividades operacionais, disse a companhia.

(Por Luciano Costa; Edição de Eduardo Simões)