Mercado abrirá em 9 h 20 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,45
    -0,01 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.762,90
    -3,90 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    63.078,13
    +295,82 (+0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.400,46
    +19,52 (+1,41%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.878,40
    +85,26 (+0,30%)
     
  • NIKKEI

    29.682,66
    +39,97 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.976,00
    -38,00 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7154
    -0,0057 (-0,08%)
     

Brasil vai usar blockchain para gerenciar e rastrear gastos públicos

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

Em breve, ficará mais difícil cometer fraudes com o dinheiro público no Brasil. A Investtools, fintech carioca especializada em soluções de criptoativos, anunciou recentemente ter recebido um aporte milionário de diversas instituições para acelerar o desenvolvimento da GOV Token, uma plataforma que utilizará uma rede blockchain para registrar e permitir o acompanhamento transparente dos gastos públicos.

“A aplicação da tecnologia blockchain tira do governo e de outras instituições os papéis de prestadores de conta à sociedade. As informações estão inseridas em uma rede sem controle central único, ao alcance de todos os usuários e, claro, do público. Em meio a tantos casos de corrupção, ter uma ferramenta que promova uma segurança jamais vista no controle dos gastos públicos é uma inovação tão necessária quanto democrática”, explica David Gibbin, CEO da Investtools.

A proposta é simples: todo e qualquer recurso financeiro liberado por entidades públicas será representado em uma rede descentralizada como um token único e imutável. A rede registrará, de forma permanente, toda e qualquer movimentação financeira em uma cadeia de blocos, incluindo o emissor e o receptor daquela verba — tal como a sua utilização. O GOV Token foi citado pela primeira vez em agosto de 2020, quando a Investtools recebeu R$ 999.912,40 do estado do Rio de Janeiro através do programa InovAção Rio.

Agora, com a verba efetivamente repassada, a companhia pretende acelerar o desenvolvimento de um piloto que deve estar pronto para testes até o segundo semestre deste ano. Também apoiam a iniciativa a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: