Mercado fechado

Brasil tem saída líquida de US$ 5,691 bi em moeda estrangeira em novembro

Marcelo Osakabe

O Brasil teve saída líquida de US$ 5,691 bilhões em moeda estrangeira no mês de novembro, informou o Banco Central. O número é o saldo entre a saída de US$ 7,301 bilhões na conta financeira e a entrada líquida de US$ 1,610 bilhão na conta do comércio exterior.

No acumulado do ano até novembro, o fluxo cambial está negativo em US$ 27,156 bilhões. A conta financeira deu contribuição negativa líquida de US$ 42,337 bilhões. Já a conta comercial contribui positivamente com US$ 15,181 bilhões.

Swaps

O BC fechou novembro com perda de R$ 8,866 bilhões nas operações de swap cambial. No ano, a conta está negativa em R$ 14,568 bilhões.

Os swaps não visam gerar ganhos para o BC. Com esses contratos, a autoridade monetária oferece proteção ao mercado em momentos de grande volatilidade no câmbio. No contrato, o BC é perdedor quando o dólar sobe frente ao real e ganha com a valorização da moeda nacional.

No acumulado de 2018, a conta ficou negativa em R$ 15,125 bilhões.

Em novembro, o valor em reais das reservas internacionais do país aumentou R$ 69,781 bilhões como resultado da variação do câmbio. No ano passado, as reservas acumularam variação positiva de R$ 141,328 bilhões.