Mercado abrirá em 1 h 22 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,99
    +0,88 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.784,30
    +7,60 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    23.496,63
    -274,63 (-1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,00
    -13,82 (-2,41%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.514,64
    -1,11 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.499,00
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2667
    +0,0075 (+0,14%)
     

Brasil tem 50 dias de estoque de diesel, estamos bem preparados, diz Sachsida

Ministro de Minas e Energia do Brasil, Adolfo Sachsida

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil tem um estoque de óleo diesel equivalente a 50 dias da necessidade de importação, em dados atualizados na segunda-feira, disse nesta terça o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, argumentando que o país está bem preparado para enfrentar eventuais restrições internacionais.

“Se não puder importar mais petróleo, o Brasil ainda tem 50 dias de diesel sem importar petróleo. Estamos bem preparados, bem posicionados e monitorando atentamente a evolução do cenário mundial”, disse, em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

Sachsida ponderou que a dificuldade de refino do petróleo no mundo tem gerado aumento dos preços do combustível.

O ministro também afirmou que o governo é cobrado a fazer “interferência mais forte” no mecanismo de preços da Petrobras. Segundo ele, isso não é possível porque o ordenamento jurídico do país impede ações nesse sentido.

Sachsida foi convocado a prestar esclarecimentos à CAE junto com o ministro da Economia, Paulo Guedes. A convocação foi transformada em convite pelos senadores em junho, após anúncio de reajuste de preços de combustíveis pela Petrobras.

(Por Bernardo Caram)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos