Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.725,73
    +2.704,20 (+6,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Brasil será o centro de desenvolvimento de biocombustíveis da Volkswagen

·1 minuto de leitura

Após confirmar que irá abolir os carros a combustão a partir de 2035 na Europa, a Volkswagen anunciou nesta semana mais planos para aumentar sua eficiência e limpeza energética, desta vez na América Latina. A gigante alemã escolheu o Brasil para ser seu centro de pesquisa e desenvolvimento em ações voltadas aos biocombustíveis e tecnologias similares que utilizem energia limpa e soluções híbridas.

Segundo a montadora, o vindouro Centro de P&D funcionará de forma independente quando pensamos em estratégias globais, já que o mercado latino-americano possui muitas diferenças se comparamos com o europeu. Segundo estudo publicado pelo World Wildlife Fund (WWF) Brasil, até 2030 os biocombustíveis podem suprir 72% da demanda brasileira de combustível apenas pela otimização das pastagens degradadas atualmente.

O plano da montadora é eliminar gradualmente a produção de veículos a combustão na Europa entre 2033 e 2035, enquanto nos Estados Unidos e China isso deve ocorrer mais para frente. Mercados emergentes, como Brasil e Índia, devem demorar ainda mais, já que alguns fatores impossibilitam mudanças mais rápidas: indisponibilidade de infraestrutura de carregamento, energia renovável e o nível de renda local.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

“Sediar aqui no Brasil o novo Centro de P&D para etanol e outros biocombustíveis nos coloca em evidência no mundo Volkswagen. Poder liderar, desenvolver e exportar soluções tecnológicas a partir do uso da energia limpa dos biocombustíveis se caracteriza como uma estratégia complementar às motorizações elétrica, híbrida e à combustão a mercados emergentes é um reconhecimento enorme para a operação na América Latina", afirmou Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina, em comunicado enviado à imprensa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos