Mercado abrirá em 59 mins
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,44
    -1,12 (-1,59%)
     
  • OURO

    1.821,80
    +7,70 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    38.164,49
    -338,35 (-0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    932,27
    -11,17 (-1,18%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.127,84
    +22,12 (+0,31%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.041,00
    -5,25 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1315
    -0,0340 (-0,55%)
     

Brasil registra menor taxa de transmissão da Covid-19 das últimas 7 semanas

·2 minuto de leitura
Brasil registra menor taxa de transmissão da Covid-19 das últimas 7 semanas
Brasil registra menor taxa de transmissão da Covid-19 das últimas 7 semanas

Um levantamento do Imperial College de Londres registrou nesta terça-feira (6) que a taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 no Brasil caiu para o menor índice das últimas sete semanas.

Na semana passada, o instituto havia registrado Rt de 0,98, mas hoje apontou que o país registrou o mesmo índice do dia 18 de maio, Rt em 0,91 – o que significa que cada pessoa contaminada transmite a Covid-19 para outras 91 pessoas.

transmissão
Brasil registra menor taxa de transmissão da Covid-19 das últimas 7 semanas. Imagem: eXpose/Shutterstock

Há duas semanas, o Brasil registrava uma taxa de transmissão da Covid-19 de 1,13, o que relatava a falta de controle da doença no país.

O novo estudo do Imperial College ainda aponta que o Brasil deve registrar menos mortes nesta semana do que na anterior. A pesquisa estima que o país registre 10.300 óbitos, enquanto na semana passada foram contabilizadas 10.810 mortes em decorrência da doença.

O estudo ressalta que existe uma margem de erro e a transmissão atual pode variar entre 0,88 a 0,95.

Acompanhar a taxa de transmissão da doença é essencial para entender a evolução da doença no país. No entanto, os pesquisadores do Imperial College alertam que o índice não pode relatar um aumento ou a diminuição da doença no país devido as diversas cidades e variação da qualidade de vigilância e relatórios.

Leia também!

De acordo com dados do boletim do consórcio dos veículos de imprensa, o cenário da pandemia no Brasil está melhorando. Na última segunda-feira (5), a média móvel de diagnósticos positivos para Covid-19 foi de 49.237, uma redução de 33% quando comparado com 14 dias atrás.

A média de óbitos apresenta uma redução de 20% na comparação com as duas últimas semanas, nesta segunda-feira a média foi de 1.575.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos