Mercado fechará em 6 h 52 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,57
    +3,42 (+5,02%)
     
  • OURO

    1.793,80
    +8,30 (+0,46%)
     
  • BTC-USD

    56.989,50
    +2.479,70 (+4,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.425,12
    -30,29 (-2,08%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.126,29
    +82,26 (+1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.852,24
    -228,28 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.203,75
    +152,75 (+0,95%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3022
    -0,0463 (-0,73%)
     

Brasil registra média de mortes por covid abaixo de 250 pela 1ª vez neste ano

·2 min de leitura

Na quarta-feira (3), o Brasil registrou 14,6 mil novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 e 164 mortes em decorrência da covid-19 nas últimas 24 horas. Nesse cenário, a média móvel de casos está em 9,9 mil e a de óbitos em 222, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A média de mortes é a menor já registrada neste ano e não se chegava a este patamar desde 24 de abril de 2020, quando foi calculada em 221.

Comparando com a média óbitos de 14 dias atrás, a variação foi de -38%. No entanto, é preciso considerar que o cenário positivo é observado após um final de semana prolongado devido ao feriado, onde os dados podem estar represados. As próximas semanas deverão ser decisivas para entender o novo cenário epidemiológico brasileiro.

No Brasil, a média móvel de óbitos pela covid-19 chega ao menor patamar desde abril de 2020 (Imagem: Reprodução/Conass)
No Brasil, a média móvel de óbitos pela covid-19 chega ao menor patamar desde abril de 2020 (Imagem: Reprodução/Conass)

Desde o começo da pandemia da covid-19 em março de 2020, o Brasil registrou 21,8 milhões de casos oficiais da doença, sendo 608.235 mortes. A melhora das estatistificas nos últimos meses está relacionada ao avanço da vacinação.

Avanço da vacinação contra a covid-19

Na fase mais aguda da covid-19 no Brasil, a média móvel de óbitos chegou ao recorde de 3.124, no dia 12 de abril. Naquele momento, apenas 3,49% da população do país estava com o esquema vacinal completo — duas doses ou imunizante de dose única —, o que representava 7,3 milhões de brasileiros imunizados. No total, 23,8 milhões tinham iniciado o processo de vacinação.

Hoje, a situação é bastante diferente. Segundo o Consórcio de Veículos de Imprensa, 54,79% da população está com o esquema vacinal completo, o que representa 116,8 milhões de pessoas protegidas. No total, 154,8 milhões já iniciaram o processo de imunização e aguardam pela segunda dose. Além disso, a dose de reforço foi aplicada em 4,16% da população (8,8 milhões de pessoas).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos