Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.649,95
    -305,13 (-0,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Brasil registra 499 mortes por Covid em 24 h e chega a 549.999 óbitos

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09/03/2021, BRASIL  - Aumento o numero de sepultamentos na cidade de Sao Paulo. Apenas nos cemiterios publicos, sao mais de 200 por dia desde o fim do ano passado. Seputamento no Cemiterio de Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte. (Rivaldo Gomes/Folhapres)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 09/03/2021, BRASIL - Aumento o numero de sepultamentos na cidade de Sao Paulo. Apenas nos cemiterios publicos, sao mais de 200 por dia desde o fim do ano passado. Seputamento no Cemiterio de Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte. (Rivaldo Gomes/Folhapres)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou 499 mortes por Covid e 18.714 casos da doença, neste domingo (25). O país agora já soma 549.999 óbitos e 19.685.616 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

A média móvel de mortes permanece em níveis elevados e agora se encontra em estabilidade. A média agora é de 1.105. O dado completou também 186 dias seguidos acima de 1.000 óbitos por dia.

Já a média móvel de casos agora é de 44.685 infecções por dia.

A média é um instrumento estatístico que busca amenizar grandes variações nos dados, como costumam ocorrer em finais de semana e feriados. Ela é calculada pela soma do número de mortes dos últimos sete dias e a divisão do resultado por sete.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos