Mercado abrirá em 40 mins
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,45
    +0,60 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.784,50
    +7,10 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    34.016,28
    +2.401,55 (+7,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    813,96
    +19,63 (+2,47%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.113,27
    +23,26 (+0,33%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.267,25
    +9,00 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9145
    -0,0053 (-0,09%)
     

Brasil recebe mais de 900 mil doses da vacinas da Pfizer

·2 minuto de leitura
Brasil recebe mais de 900 mil doses da vacinas da Pfizer
Brasil recebe mais de 900 mil doses da vacinas da Pfizer

Na noite desta quinta-feira (10), mais uma remessa com 936 mil doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Agora, o Ministério da Saúde recebeu da farmacêutica um acumulo de 2,3 milhões de doses do imunizante só nesta semana.

Além disso, na última terça-feira (8), chegaram cerca de 527 mil doses e, na quarta (9), mais 936 mil doses. Nesse ritmo e segundo o planejamento do ministério, deverão ser entregues ainda este mês mais de 12 milhões de doses da vacina da Pfizer.

Os contratos fechados com a farmacêutica estimam um total de 200 milhões de doses até o fim de 2021. Inclusive, mais de 5,9 milhões de doses da Pfizer/BioNTech foram enviadas para todo o Brasil.

Leia também!

Fonte: Agência Brasil

Pfizer projeta entregar vacinas antes do previsto; entenda por que isso pode ser um problema

A Pfizer está adiantada no cronograma de entrega de vacinas contra Covid-19. Albert Boula, CEO da companhia, afirmou que conseguirá entregar as doses contratadas pelo governo dos Estados Unidos antes do previsto devido à forma de contar as doses disponíveis em cada frasco da vacina.

Inicialmente, a Pfizer contabilizava cinco doses de sua vacina por frasco. No entanto, cada frasco contava com uma quantia adicional, como uma margem de segurança para quem estiver aplicando a vacina e alguns modelos de seringa conseguem aproveitar seis doses no frasco, em vez de apenas cinco.

Com isso, a empresa, como informou seu CEO à Bloomberg, julga que cada frasco já entregue e o restante da produção prevista, têm 20% a mais da vacina do que inicialmente previsto. Assim, a Pfizer reajustou suas contas de quantas doses já foram entregues, o que reduz quantas ela ainda tem para entregar.

A nova forma de contar permite à Pfizer entregar aos Estados Unidos 120 milhões de doses no primeiro trimestre, em vez de apenas 100 milhões como era previsto para o período. Também seria possível cumprir o contrato, que prevê 200 milhões, em maio, dois meses antes do que era combinado.

Para saber mais, acesse a reportagem completa no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos