Brasil, México e Panamá liderarão crescimento de emprego na América em 2013

Panamá, 11 dez (EFE).- Brasil, México e Panamá liderarão na América Latina a criação de postos de trabalho no primeiro trimestre de 2013, de acordo com uma pesquisa da companhia americana de gestão de emprego Manpower apresentada nesta terça-feira.

A diretora regional de Operações de Contratação de Pessoal da Manpower no México e América Central, María Luisa Arrocha, explicou em entrevista coletiva na capital panamenha que nos dez países do continente americano onde a pesquisa foi aplicada foram registradas expectativas positivas, incluído os Estados Unidos.

No entanto, a maioria dos empregadores demonstrou uma intenção de conservar o número de trabalhadores que possuem ao invés de aumentar as contratações, o que é "consequência da situação econômica difícil" enfrentada pela Europa e os Estados Unidos, explicou María Luisa.

O Brasil apresentará um aumento de 21% na expectativa da criação de novos empregos para o primeiro trimestre de 2013, seguido pelo México e Panamá, com 18%, Guatemala, com 17%, Peru, com 16%, Colômbia e Costa Rica, com 15%, Argentina, com 11%, Estados Unidos, com 9%, e Canadá, com 6%.

A diretora explicou os resultados pelo fato dos empregadores que esperam reduzir o número de trabalhadores ser menor do que os que estão dispostos a contratar.

María Luisa acresentou que o Brasil, que diminui 3% sua expectativa de emprego, continua entre os primeiros da lista "pelos grandes investimentos que estão sendo desenvolvidos, sobretudo no setor petroleiro e pela conjuntura de ser sede dos próximos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo".

A pesquisa, que é aplicada em 42 países do mundo com 65.000 donos de empresas, consiste em uma só pergunta, que questiona qual será o comportamento do emprego em sua empresa.

Segundo a pesquisa, Taiwan ocupa o primeiro lugar no mundo, com 35% de expectativa de criação de novos postos de trabalho, seguido por Índia (27%) e Brasil (21%). EFE

Carregando...