Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.779,10
    +1,70 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    32.228,20
    +278,10 (+0,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    767,68
    -26,65 (-3,36%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.273,75
    +15,50 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9198
    0,0000 (0,00%)
     

Brasil deve receber 629 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech nesta quarta (26)

·1 minuto de leitura

Na noite desta quarta-feira (26), o Brasil deve receber mais um lote de vacinas da Pfizer/BioNTech contra o coronavírus SARS-CoV-2. Programado para chegar ao Aeroporto Internacional de Viracopos, na cidade de Campinas (SP), o voo deve trazer 629 mil doses do imunizante contra a COVID-19 para o Ministério da Saúde.

Com este quinto lote, o Brasil somará 2,8 milhões de doses da Pfizer/BioNTech. No total, foi acordada a compra de 200 milhões que deve ser concluída até o final deste ano. Em comunicado, a farmacêutica norte-americana Pfizer confirmou o compromisso em respeitar este cronograma de entregas até dezembro de 2021.

Novo carregamento de doses da Pfizer/BioNTech deve chegar ao Brasil (Imagem: Reprodução/_Tempus_/Envato Elements)
Novo carregamento de doses da Pfizer/BioNTech deve chegar ao Brasil (Imagem: Reprodução/_Tempus_/Envato Elements)

Quanto ao quinto lote da vacina, o avião com as com 629 mil doses deve decolar de Miami, no Estados Unidos, até às 11h desta manhã. A aeronave será aguardada, no aeroporto brasileiro, pela Polícia Federal e o esquema de segurança acompanhará todo desembarque e transporte do imunizante até o centro de distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP).

Na luta contra a COVID-19, a primeira remessa da farmacêutica chegou ao país no dia 29 de abril, com 1 milhão de doses do imunizante. Já os outros lotes foram entregues nos dias 5, 12 e 19 de maio, carregando uma média de 629 mil doses, sempre na cidade de Campinas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos